Transformação das redes é fundamental para o crescimento

OperadoresRedes

O CEO da Ericsson acredita que a transformação é o motor do crescimento das empresas e dos seus negócios. Hans Vestberg diz que os operadores precisam de otimizar as suas redes para que possam dar resposta às necessidades presentes e aos desafios futuros. “Os nossos clientes precisam de inovar de forma a fazerem crescer as

O CEO da Ericsson acredita que a transformação é o motor do crescimento das empresas e dos seus negócios. Hans Vestberg diz que os operadores precisam de otimizar as suas redes para que possam dar resposta às necessidades presentes e aos desafios futuros.

Hans Vestberg

“Os nossos clientes precisam de inovar de forma a fazerem crescer as suas receitas”, sentenciou o diretor executivo da Ericsson. “Precisam de transformar os seus sistemas de TI para beneficiarem de ganhos de eficiência e melhorar a experiência do utilizador”, e têm que investir no reforço das suas redes, de forma a aplacarem as necessidades que ao longo do tempo emergem num indústria onde a transformação não cessa.

No decorrer da Assembleia Geral Anual de Acionistas da fabricante sueca de soluções de rede, o CEO afirmou que as áreas de redes IP, cloud, OSS/BSS, TV e Media, Indústria e Sociedade, para além de terem sido alvos de fortes investimentos por parte da empresa, registaram um aumento de dez por cento das vendas.

Advogando a aposta na evolução das redes, a Ericsson pretende deixar clara o seu investimento na tecnologia de quinta geração. Helena Norrman, chefe do departamento de marketing e comunicações, disse, durante o encontro, que soluções como o Ericsson Radio System e um outro novo software da empresa evidenciam o esforço que a Ericsson tem feito no sentido de levar as redes até ao próximo nível do processo evolutivo, até ao 5G.

Neste sentido, a Ericsson, em 2014, investiu quase quatro mil milhões de euros em projetos de Investigação e Desenvolvimento.

Diz Hans Vestberg que a Ericsson vai continuar a apostar na transformação das redes, preparando-as para as comunicações dos tempos vindouros e procurando endereçar todas as exigências e necessidades que possam surgir.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor