TP-Link dá dicas para escolher o próximo router

InovaçãoRedes
0 1 Sem Comentários

O hardware e as funcionalidades disponibilizadas pelos equipamentos que escolhe instalar em sua casa são os principais fatores que influenciam o desempenho da rede.

Os routers que os ISPs facultam são configurados para darem ao cliente uma performance conveniente mas não têm as funcionalidades avançadas que outros dispositivos garantem em termos de configuração, segurança, flexibilidade ou abrangência de opções de personalização.

Para fazer face a essa barreira a solução é escolher routers de fabricantes de marcas e procuram equipamentos que respondam às necessidades. A TP-Link apresenta uma lista de fatores que deve ter em conta quando fizer o levantamento das opções de routers no mercado:

  1. Rede Wi-Fi: O standard Wi-Fi AC é essencial para garantir o processamento de dados sem falhas e uma boa experiência de utilização se gosta de jogar online ou de fazer streaming de conteúdos em alta resolução através da sua rede doméstica.
  2. Tecnologia Beamforming: O router consegue, através desta tecnologia, identificar com precisão o local onde cada dispositivo está e desse modo enviar informação diretamente para cada um deles, melhorando a estabilidade e a qualidade do sinal.
  3. Segurança: Tendo em conta todas as perdas de dados e violação de redes, vale a pena reforçar o quão importante é ter um router com segurança avançada, com chaves de rede WPA2, controlos parentes e identificação de endereços MAC para limitação de ligações. Também pode ter em conta uma firewall integrada.
  4. Portas gigabit: Dado o volume de dados e o crescimento de criação de informação deve optar por routers que tenham portas gigabit.
  5. Porta USB: Para partilhar a sua impressora em rede e permitir que outros utilizadores tenham acesso a ela sem necessitarem de uma ligação física a porta USB é uma característica que deve procurar.
  6. Funcionalidades avançadas: O firmware e software do router devem permitir o acesso às funcionalidades avançadas. Entre estas funcionalidades devem estar: servidores de medida, servidores FTP, criação de rede wireless separada, redireccionamento e portas ou limitação de tráfego.