Toshiba vai receber ajuda de fundo estatal japonês

EmpresasNegócios

O plano de reestruturação da Toshiba será apoiado por um fundo estatal japonês, segundo o jornal financeiro Nikkei. A tecnológica está à procura de uma linha avultada de crédito até ao final de janeiro para resolver vários problemas financeiros e tem um curso uma reorganização profunda.

O escândalo contabilístico descoberto no verão, na ordem dos 1,3 mil milhões de euros, deixou a Toshiba a precisar de financiamento. O Nikkei reporta que um fundo estatal japonês vai agora ajudar a empresa a reestruturar a sua divisão de eletrodomésticos, e outras operações, facilitando um acordo com a Sharp (e possivelmente outras empresas).

A Sharp é outra empresa japonesa em apuros, que tem estado no vermelho nos últimos quatro anos e aumentou os prejuízos no trimestre de junho. O seu plano de reestruturação inclui o despedimento de 6000 trabalhadores, segundo noticiado em maio.

Um dos planos da Toshiba é precisamente fundir a sua unidade de produtos de marca branca com a da Sharp ou outro fabricante de eletrodomésticos, conta o Nikkei, citado pela Reuters. O apoio virá do ministério da indústria e do fundo de investimento publico-privado Innovation Network Corp of Japan – que, segundo a agência noticiou no início do mês, planeava injetar fundos na Sharp e estava a considerar a hipótese de uma fusão com a unidade de eletrónica de consumo da Toshiba. Esta última já anunciou que pretende cortar perto de 7 mil postos de trabalho na unidade de eletrónica de consumo.

Por outro lado, o fundo pode ajudar a Toshiba a reestruturar a sua divisão de energia nuclear, numa altura em que procura um parceiro para reatores de água.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor