“The New York Times” é alvo de ataque informático

Negócios

Os responsáveis admitem um ataque informático, supostamente levado a cabo pelo Exército Eletrónico Sírio. O Exército Eletrónico Sírio, apoiante do atual regime de Damasco liderado pelo Presidente Bashar Al-Assad, terá utilizado os sistemas informáticos de uma empresa sediada na Austrália, para levar a cabo esta ação. Esta empresa presta serviços tanto ao Twitter como ao

Os responsáveis admitem um ataque informático, supostamente levado a cabo pelo Exército Eletrónico Sírio.

Nytimes_hq

O Exército Eletrónico Sírio, apoiante do atual regime de Damasco liderado pelo Presidente Bashar Al-Assad, terá utilizado os sistemas informáticos de uma empresa sediada na Austrália, para levar a cabo esta ação. Esta empresa presta serviços tanto ao Twitter como ao “New York Times” e, segundo explica o website “The Next Web, os autores do ataque utilizaram os dados de acesso de uma outra companhia para entrar no sistema e, posteriormente, alteraram os registos de DNS (combinação numérica a que corresponde a localização de uma página ou website) de uma série de clientes, incluindo o Twitter e o “New York Times”.

O problema que pôs o website de um dos principais jornais norte-americanos offline já terá sido resolvido, embora ainda haja muita dificuldade em aceder às notícias. Em alternativa, o jornal recomenda um endereço, para os leitores que não conseguem visualizar as notícias através do website habitual.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor