Telefónica poderá abrir a sua rede de fibra à concorrência

NegóciosOperadoresRedes

O investimento da Telefónica na sua rede de fibra ótica será inferior ao previamente esperado. A redução do valor acontece depois da autoridade da concorrência espanhola ter revelado estar a considerar obrigar a operadora a abrir a rede aos seus rivais. Com cerca de 85 por cento da rede de fibra ótica de Espanha, a

O investimento da Telefónica na sua rede de fibra ótica será inferior ao previamente esperado. A redução do valor acontece depois da autoridade da concorrência espanhola ter revelado estar a considerar obrigar a operadora a abrir a rede aos seus rivais.

telefónica

Com cerca de 85 por cento da rede de fibra ótica de Espanha, a Telefónica é a principal operadora do país. Através da infraestrutura, a empresa oferece pacotes de Internet de alta velocidade, televisão on-demand e serviços de telecomunicações.

A eventual abertura da rede aos rivais proposta pela Comissão Nacional dos Mercados e da Concorrência (CNMC) obrigou a Telefónica a reconsiderar o investimento.

Visando assegurar a saudável atividade concorrencial e garantir sólidos investimentos em redes de próxima geração, a reguladora, já em dezembro, sugerira que a Telefónica deveria abrir à concorrência a sua infraestrutura de cabos de fibra ótica, embora continuasse a monopolizá-la em nove grandes cidades espanholas.

A Telefónica está a planear reduzir a expansão da sua rede até 35 por cento, ou 3,6 milhões de casas, quando previamente havia esperado, este ano, levar a sua fibra ótica até 5,5 milhões de casas, segundo um relatório interno da operadora a que a Reuters teve acesso.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor