Telefónica está a comprar todas as participações na DTS

Negócios

A empresa de telecomunicações Telefónica ofereceu 295 milhões de euros à Mediaset pela sua participação de 22 por cento na Distribuidora de Televisión Digital, um negócio que se alinha com a estratégia da operadora espanhola para adquirir total propriedade sobre a empresa de televisão paga. De acordo com fontes próximas do assunto, o valor de

A empresa de telecomunicações Telefónica ofereceu 295 milhões de euros à Mediaset pela sua participação de 22 por cento na Distribuidora de Televisión Digital, um negócio que se alinha com a estratégia da operadora espanhola para adquirir total propriedade sobre a empresa de televisão paga.

telefonica

De acordo com fontes próximas do assunto, o valor de negócio pode aumentar entre 10 milhões e 20 milhões de euros, dependendo de fatores como a aquisição, efetiva e sancionada, da participação de 56 por cento da Prisa na DTS que passará para as mãos da Telefónica.

Sob o título de maior operadora telecomunicações de Espanha, a Telefónica tem vindo a investir em serviços de programação televisiva, numa tentativa de colmatar o seu anorético negócio de telecomunicações fixas.

Uma total propriedade sobre a DTS muniria a Telefónica de uma tal flexibilidade que lhe permitiria conceber ofertas como o Movistar Fusion TV, um pacote que integra subscrições de televisão, linha fixa, telecomunicações móveis e Internet.

Segundo consta, a italiana Mediaset de Silvio Berlusconi tem estado a considerar aumentar a sua participação na DTS ou vender a que atualmente detém.

Caso a Mediaset decida aceitar a proposta da Telefónica, a italiana abdicará de um direito preferencial para adquirir a participação da Promotora de Informaciones na DTS. A Telefónica, em compensação, desembolsará uns adicionais 30 milhões de euros para a Mediaset.

“A oferta da Telefónica é bastante sedutora e é pouco provável que a Mediaset a recuse”, afirmou Andrea Giuricin, professor universitário em Milão, especializado em media e telecomunicações.

Nos primeiros dias de junho, a Telefónica havia já anunciado que acordara em comprar a participação de 56 por cento da Prisa na DTS por 750 milhões de euros, o que faria com que passasse, assim, a controlar 78 por cento da empresa de televisão paga. Este negócio está ainda pendente, aguardando aprovação das respetivas autoridades reguladoras.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor