Telefónica e Alcatel-Lucent unidas na mudança

CloudEmpresasNegóciosSoftware

A Telefónica e a Alcatel-Lucent assinaram um acordo de co-inovação no sentido de apressar a aquisição de Network Functions Virtualization (NFV). Assente numa visão partilhada, a Alcatel-Lucent e a Telefónica unem-se para utilizar  a plataforma Alcatel-Lucent CloudBand NFV, com o intuito de identificar e criar modelos de processamento, isto com o objetivo de facilitar aos

A Telefónica e a Alcatel-Lucent assinaram um acordo de co-inovação no sentido de apressar a aquisição de Network Functions Virtualization (NFV).

ism-optimization-virtualization-1024x682Assente numa visão partilhada, a Alcatel-Lucent e a Telefónica unem-se para utilizar  a plataforma Alcatel-Lucent CloudBand NFV, com o intuito de identificar e criar modelos de processamento, isto com o objetivo de facilitar aos fornecedores de serviços virtuais a avaliação de que elementos da rede devem ser virtualizados ou não, e em que momento.

Esta virtualização permite desassociar as funções de software da sua infraestrutura física, o que permite aos  fornecedores de serviços reduzir os custos de operação a partir da gestão eficiente da infraestrutura física.

Esta pode ser reutilizada noutras funcionalidades, simultaneamente concede aos serviços e aplicações a capacidade de se desenvolverem brevemente por causa da arquitetura flexível fornecida pelas funções baseadas em software.

As funções baseadas em software permitem também a mobilidade de funções para onde são necessárias quase em tempo real. “A Alcatel-Lucent e a Telefónica partilham uma visão de importância estratégica da virtualização e do Cloud e estamos muito entusiasmados com o desenvolvimento de aplicações relevantes em NFV, em particular através do alargamento desta parceria. As nossas duas empresas têm tido uma relação muito frutífera nos últimos anos, incluindo o nosso primeiro acordo de co-inovação em 2011 para tornar a nossa visão do futuro das redes sem fios em realidade, e o fecho de contrato de LTE  foi um marco no valor da nossa visão”, afirma o CEO da Alcatel-Lucent, Michel Combes.

Na utilização da plataforma CloudBand da Alcatel-Lucent, este programa de cooperação com a Telefónica resultará num centro de investigação conjunto onde a partilha de recursos, especialistas e tecnologia servirá para testar e conceber a plataforma de execução de funções virtualizadas.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor