Telecomunicações cresceram 1,5 por cento em Portugal

OperadoresRedes

Os serviços de telecomunicações têm percorrido caminhos incertos no que diz respeito às receitas e lucros, em Portugal. No entanto, após um período relativamente complicado, o setor alcançou um crescimento moderado, ainda que muito importante. Em 2013, os números não eram animadores, com o setor das telecomunicações a registar uma quebra de 5,2 por cento

Os serviços de telecomunicações têm percorrido caminhos incertos no que diz respeito às receitas e lucros, em Portugal. No entanto, após um período relativamente complicado, o setor alcançou um crescimento moderado, ainda que muito importante.

infraestrutura-de-telecomunicacoes

Em 2013, os números não eram animadores, com o setor das telecomunicações a registar uma quebra de 5,2 por cento e perdendo, com isso, milhões de euros. Contudo, os dados relativamente ao último ano são mais animadores para as empresas portuguesas.

De acordo com dados da Informa D&B, o setor alcançou um crescimento de 1,5 por cento, em 2014, conseguindo angariar 6,367 mil milhões de euros, após a forte regressão que atingiu as telecomunicações, em Portugal, no ano anterior.

O mercado parece estar a estabilizar e a recuperar da pressão exercida nos preços dos serviços, com a consultora a apontar para uma aceleração moderada para os próximos dois anos, contrastando, ainda assim, com o clima de forte concentração dos serviços num grupo restrito de operadoras. Ainda segundo os dados da Informa D&B, em 2013, as cinco principais empresas deste campo reuniam em si cerca de 80 por cento da faturação.

Uma das justificações para esta concentração poderá residir na débil capacidade de empresas de pequena e média dimensão se destacarem no mercado das telecomunicações, possuindo poucos profissionais e um curto raio de ação.

Ainda assim, este resultado é positivo para o mercado que poderá ver nesta recuperação um incentivo para apostar em ofertas mais inovadoras e desafiantes.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor