Telecoms europeias estão a recuperar a liderança

OperadoresRedes

As empresas europeias de telecomunicações estão a voltar à mó de cima, depois de vários anos de resultados que ficaram aquém do desejado e de grande pressão por parte das autoridades reguladoras. As rivais não europeias não veem com bons olhos esta recuperação. A Deutsche Telekom e a Telefónica, segundo a Reuters, esperam registar, este

As empresas europeias de telecomunicações estão a voltar à mó de cima, depois de vários anos de resultados que ficaram aquém do desejado e de grande pressão por parte das autoridades reguladoras. As rivais não europeias não veem com bons olhos esta recuperação.

telecomunicações

A Deutsche Telekom e a Telefónica, segundo a Reuters, esperam registar, este ano, um aumento das receitas. À semelhança das suas congéneres alemã e espanhola, a Orange e a Telenor estão confiantes de que, num futuro próximo, conseguirão entregar dividendos mais avultados aos seus investidores, o que sugere que têm em vista um crescimento positivo e um reforço do fluxo de capital.

Nos últimos cinco anos, as vendas das operadoras do Velho Continente têm registado uma trajetória descendente, fruto da severa competição e da abolição de um conjunto de taxas sobre as quais as empresas apoiavam parte dos seus negócios.

Consta que este retorno à rentabilidade é motorizado pelas novas tecnologias 4G, que permitem maiores velocidades em banda larga móvel. Ademais, disse a agência noticiosa, as autoridades reguladoras do setor estão mais dispostas a aceitar aquisições e fusões do que em tempos passados.

Por seu lado, o CEO Tim Hoettges, da Deutsche Telekom, acredita que a reanimação do crescimento é alimentada pela convergência dos serviços de TI e por novos modelos de negócio e de venda, como pacotes que incluem banda larga, televisão, e comunicações móveis e fixas.

Parece que o abismo que separava o setor dos EUA do da Europa está a desaparecer, com o mercado europeu a superar o seu semelhante transatlântico.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor