Telecom Italia quer conteúdos Netflix

NegóciosOperadoresRedes

O diretor executivo da Telecom Italia expressou a vontade da operadora em obter os conteúdos da norte-americana Netflix, à semelhança de outros acordos que têm sido firmados na Europa. O mundo das telecomunicações italianas tem sofrido algumas alterações com parcerias e aquisições que podem transformar por completo o panorama do país. Muitos têm sido os

O diretor executivo da Telecom Italia expressou a vontade da operadora em obter os conteúdos da norte-americana Netflix, à semelhança de outros acordos que têm sido firmados na Europa. O mundo das telecomunicações italianas tem sofrido algumas alterações com parcerias e aquisições que podem transformar por completo o panorama do país.

telecom italia

Muitos têm sido os rumores envolvendo a Telecom Italia, desde a possível negociação com a francesa Orange à intenção de adquirir por completo a sua divisão de media, eliminando a sua posição enquanto entidade pública. Mas desta vez, é o próprio diretor executivo a confirmar a intenção da operadora em elaborar uma parceria com a Netflix.

Marco Patuano contou, no parlamento italiano, que a Telecom Italia está em conversações com a Netflix para firmar um acordo de disponibilização de conteúdos. O serviço de streaming norte-americano entraria, deste modo, no mercado italiano pela mão de uma operadora em vez de se consolidar individualmente.

Esta tem sido uma alternativa para a Netflix, no que diz respeito a alguns países europeus, já que dispensa a necessidade de custos extra de implementação, entregando a distribuição dos conteúdos a uma operadora já fortemente enraizada no país. Patuano frisou isso mesmo, lembrando que o mesmo tipo de estratégia já havia sido adotado na Bélgica.

Caso se venha a verificar a concretização deste acordo, a Telecom Italia, considerada a maior operadora italiana, terá em sua posse uma fonte extra de receita baseada no streaming de conteúdos de vídeo, ainda para mais, oriundos de um dos serviços mais populares a nível mundial, nos dias de hoje.

Para além de uma eventual parceria com a Netflix, a Telecom Italia esteve também em negociações com a Sky, grupo de media britânico, e acabaram por assinar um contrato que garante aos utilizadores italianos o acesso às dezenas de canais sob a alçada da Sky.

A Telecom Italia poderá também estar a elaborar um acordo com a Mediaset, empresa detida por Berlusconi, antigo primeiro-ministro italiano. Recentemente, a EI Towers, empresa de telecomunicações que faz parte da Mediaset, apresentou também uma proposta de aquisição da RAI Way, a responsável pela estação pública do país, acordo que garantiria a Berlusconi o controlo de todos os meios de radiodifusão.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor