Tech Data regista proveitos de 103,1 milhões no quarto trimestre de 2016

GestãoNegóciosResultados
1 9 Sem Comentários

A Tech Data Corporation, distribuidora de produtos tecnológicos, com subsidiária em Portugal acaba de revelar os resultados financeiros da empresa a nível mundial. No quarto trimestre de 2016, concluído em Janeiro de 2017, as vendas líquidas atingiram os 7,4 mil milhões de dólares, uma redução de 1% em relação ao trimestre do ano anterior. A preços constantes as vendas líquidas aumentaram 2%.

Em relação ao mercado europeu, que representa a maior “fatia” do mercado da empresa, as vendas líquidas foram de 4,7 mil milhões de dólares, o que representa 64% das vendas líquidas a nível mundial. Os dados mostram também uma redução de 1% em relação ao trimestre do ano anterior, enquanto que a preços constantes, as vendas líquidas aumentaram 3%.

No que diz respeito aos proveitos operacionais a nível mundial foram de 103,1 milhões de dólares ou 1,39% de vendas líquidas em relação a 145,2 milhões de dólares ou 1,94% de vendas líquidas do trimestre do ano anterior.

O lucro operacional do trimestre do ano anterior incluiu 35,3 milhões de ganhos relacionados com a liquidação de contratos de LCD, fees líquidos de honorários e despesas. Os proveitos operacionais non-GAAP foram de 122,1 milhões de dólares, um aumento de 5,3 milhões de dólares ou 5% em relação ao trimestre do ano anterior. Na percentagem de vendas líquidas, os proveitos operacionais non-GAAP foram de 1.64%, uma melhoria de 8 pontos base em relação ao trimestre do ano anterior.

“Os nossos sólidos resultados do quarto trimestre fecharam um ano histórico para a Tech Data – um ano fiscal de significativo progresso estratégico e forte desempenho financeiro. No ano fiscal 17, atingimos todos os nossos principais objetivos financeiros: ganhámos participação em áreas geográficas chave, ganhámos participação em categorias de produtos selecionados e com vendedores-chave. Também melhorámos o lucro operacional non-GAAP; e entregámos o nosso maior lucro non-GAAP por ação na história da nossa empresa “, disse Robert M. Dutkowsky, CEO.

Sobre o ano fiscal de 2017, em traços gerais, a Tech Data Corporation sofreu uma descida nos valores em relação ao período homólogo. Por exemplo, os proveitos operacionais a nível mundial foram de 291,9 milhões de dólares ou 1.11% de vendas líquidas em relação a 401,4 milhões de dólares ou 1.52% de vendas líquidas do ano anterior.

No mesmo ano fiscal, as receitas líquidas foram de 195,1 milhões de dólares, em relação a 265,7 milhões de dólares no trimestre do ano anterior. As receitas líquidas para o trimestre anterior incluem os ganhos de registo LCD acima mencionados, líquido de impostos. As receitas líquidas non-GAAP foram de 225,2 milhões de dólares, um aumento de 17,1 milhões de dólares ou 8% em relação ao trimestre do ano anterior.

“A Tech Data realizou tudo isto apesar de um ambiente geopolítico e económico global dinâmico, uma consolidação de fornecedores significativa e um modelo de consumo de TI em constante evolução. Além disso, recapitalizámos a empresa e entrámos na maior e mais transformadora aquisição da história da nossa empresa, a qual foi concluída há pouco tempo. A nossa performance fiscal de 2017 valida claramente a nossa estratégia e fala da força das nossas operações, da qualidade da nossa equipa de gestão e do talento excecional e árduo trabalho dos nossos colaboradores”, justifica o CEO, relativamente aos dados fiscais de 2017.

De acordo com o comunicado de imprensa, a Tech Data espera que a transação da Technology Solutions aumente significativamente o lucro por ação non-GAAP da empresa no primeiro ano após o fecho. A empresa espera também realizar 50 milhões de dólares de economia de custos nos primeiros 12 meses após o fecho e 100 milhões de dólares durante o segundo ano completo. Além disso, a empresa espera incorrer em custos únicos para alcançar a economia de custos de aproximadamente 150 milhões de dólares.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor