deco

DECO Proteste e Google juntas para uma Net Viva e Segura

A Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor (DECO), com o apoio da Google Portugal, promove a iniciativa Net Viva e Segura. A iniciativa pretende informar os portugueses para adopção de comportamentos mais seguros e para a privacidade dos dados pessoais através do lançamento de novo website e de formações presenciais.

Bonecos inteligentes colocam crianças em perigo

Apesar do elevado grau de interatividade para as crianças, os brinquedos conectados à internet também representam um risco para a privacidade. Esta preocupação motivou a que 18 grupos dessem início a reclamações na Comissão Federal de Comércio dos Estados Unidos e na União Europeia. Em Portugal o alerta foi dado pela Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor.

Setor das Telecomunicações é o principal alvo de queixas à DECO

Tendo em conta todos os setores de atividade, o número de pedidos de informações e de reclamações por parte dos consumidores portugueses cresceu quase dez por cento. Os dados são da DECO, a Associação Portuguesa de Defesa do Consumidor, que revela ainda que o setor que mais queixas reuniu foi o das Telecomunicações. Há uma

Reclamações da Deco dominada por serviços de comunicação

A Deco registou 54440 contactos sobre serviços de comunicação. Os serviços financeiros ficaram em segundo lugar e as venda sonline também  mereceram referências negativas. No balanço da atividade em 2013, a Deco revelou, em comunicado, que recebeu mais de 54 mil reclamações sobre serviços de telecomunicações. 501744 consumidores contactaram a entidade, um aumentou de 15

Petição da Deco já tem 78 mil assinaturas

A petição lançada pela Deco que pede a revisão dos contratos de fidelização nas telecomunicações já conta com mais de 78 mil assinaturas. Esta petição foi lançada no passado dia 29 de outubro. A petição estará online até ao dia seis de dezembro e até lá a associação esperar angariar mais quórum de modo a