T-Mobile planeia comprar propriedade de grupo privado

EmpresasNegócios

O grupo norte-americano T-Mobile está a considerar comprar a propriedade de um grupo privado não identificado e irá usar alguns fundos de um plano de dois mil milhões de dólares de oferta de ações para financiar o negócio. Depois de o mercado fechar na segunda-feira, a empresa anunciou uma oferta para mais de 72 milhões

O grupo norte-americano T-Mobile está a considerar comprar a propriedade de um grupo privado não identificado e irá usar alguns fundos de um plano de dois mil milhões de dólares de oferta de ações para financiar o negócio.

Signage for a T-Mobile store is pictured in downtown Los Angeles, CaliforniaDepois de o mercado fechar na segunda-feira, a empresa anunciou uma oferta para mais de 72 milhões de ações e anunciou que poderia vir a comprar “wireless airwaves” usando o processo da venda. A venda da ação pode representar a quarta maior oferta secundária deste ano.

A quarta maior operadora norte-americana, T-Mobile, anunciou, através dos papeis entregues à reguladora norte-americana, que não ia participar num leilão que o governo dos Estados Unidos planeia ter em Janeiro, deixando os investidores em “suspense” de que propriedade a empresa está a pensar adquirir.

As ações da T-Mobile desceram quase dois por cento, com os investidores a ficarem preocupados que a oferta de ações possa diluir o valor das ações da T-Mobile. A Deutsche Telekom, que tem 74 por cento da T-Mobile, anunciou que a sua percentagem ia ser reduzida para 67 por cento.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor