Symantec oficializa venda da Veritas por 8 mil milhões de dólares

Negócios

A Symantec anunciou que entrou em acordo definitivo para vender a Veritas, a sua divisão de gestão da informação, a um grupo de investidores liderado pelo Carlyle Group junto ao GIC, fundo soberano de Singapura, e a outros possíveis coinvestidores por 8 mil milhões de dólares. A transação deverá ser concluída no dia 1 de janeiro de 2016.

Após o fecho da transação, a Symantec espera receber aproximadamente 6,3 mil milhões de dólares líquidos, sujeitos a determinados ajustes pós-fecho. A Symantec terá uma abordagem abrangente e disciplinada à implantação de capital, com foco no retorno de capital aos acionistas e investimento no negócio.

O conselho da Symantec autorizou o aumento de 1,5 mil milhões de dólares ao existente programa de recompra de ações, levando o total a 2,6 mil milhões de dólares, com 2 mil milhões de dólares a serem devolvidos aos acionistas durante um período de 18 meses após a conclusão da transação. O conselho também determinou que a Symantec irá manter o seu dividendo trimestral de 0,15 dólares por ação comum, o que representa um aumento geral na taxa de dividendos pós-separação da empresa. Entre os dividendos e recompras de ações, a Symantec espera devolver cerca de 120 por cento dos seus recursos de caixa após-impostos da venda para os seus acionistas.

Michael A. Brown, CEO e presidente da Symantecem comunicado, disse , “Esta transação fortalece a nossa fundação financeira, abrindo caminho para que a Symantec expanda a sua divisão de segurança e reforce a liderança como a maior empresa de cibersegurança do mundo. Acreditamos que o acordo com os investidores, incluindo o Carlyle Group e o GIC, gera valor assertivo e atraente para o negócio da Veritas, e é do interesse de todos os acionistas.”

John Gannon, vice-presidente executivo da Symantec e diretor geral da Veritas, disse em nota: “Desde que o conselho anunciou a separação da Veritas, começamos a preparar a empresa para operar de forma independente e a buscar a evolução da nossa estratégia de negócios, ao mesmo tempo que continuamos a entregar soluções líderes no setor para os nossos clientes. Estamos felizes com a parceria com o Carlyle Group e o GIC, que têm um forte histórico de crescimento de negócios e compartilham da nossa dedicação à estratégia e ao sucesso da Veritas. A Veritas vai continuar a fornecer soluções de gerenciamento de informações de última geração para atender os maiores e mais complexos ambientes do mundo, incluindo várias implementações na nuvem, serviços a ser geridos e infraestrutura on-premise.”

O Carlyle Group anunciou separadamente que, após a conclusão da transação, Bill Coleman e Bill Krause assumirão, respetivamente, os cargos de CEO e presidente da Veritas.

A transação está sujeita a aprovações regulatórias e outras condições de fecho. BofA Merrill Lynch, Morgan Stanley & Co. LLC, UBS Investment Bank e Jefferies concordaram em fornecer financiamento da dívida para a transação.

* Jocelyn Auricchio é jornalista da BIT no Brasil


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor