Surpresa: iPhone SE lidera mercado britânico

MobilidadeSmartphones

Mesmo a tempo de calar os críticos que se perguntaram sobre o racional da Apple quando lançou o iPhone SE, os mais recentes dados da Kantar Worldpanel para o Reino Unido mostram que o smartphone foi o mais vendido no segundo trimestre.

Embora a maioria dos especialistas concordasse que regressar ao formato de 4 polegadas era pouco inovador e contrário à tendência de ecrãs cada vez maiores do mercado, as vendas correram melhor do que quase toda a gente esperava. Nos três meses terminados em junho, o iPhone SE foi o smartphone mais vendido na Grã-Bretanha, conquistando 9,2% de quota.

Em segundo lugar aparece o iPhone 6s, com 9,1%. A boa performance levou o iOS a crescer 3,1 pontos percentuais para uma quota de mercado total de 37,2% no país.

Segundo os dados da Kantar, este trimestre mostrou um quase surpreendente regresso ao crescimento por parte da Apple e do iOS. Nos conjunto dos mercados europeus da França, Espanha, Itália, Alemanha e Reino Unido, o sistema operativo representou 18,2% das vendas. Nos EUA, foi 31,8%.

“O iOS experimentou um bom momento na França, representando 20,6% das vendas de smartphones. Na Alemanha, as vendas de aparelhos iOS cresceram pela primeira vez desde o terceiro trimestre de 2015, mais um ponto percentual para 14,2% do total de vendas”, descreveu a consultora. Já na Itália e em Espanha, houve apenas pequenas quedas, insuficientes para levar a um crescimento global.

Curiosamente, aconteceu o contrário na China, apesar de o iPhone 6s e 6s Plus continuarem a ser os topos de gama mais vendidos. Mas o iPhone SE, que supostamente fazia mais sentido nos mercados emergentes, não conseguiu ter qualquer efeito, ficando-se pelos 2,5% do total de smartphones vendidos.

“Com forte procura pelo iPhone SE no segundo trimestre, será interessante verificar se o crescimento do iOS se vai manter no terceiro trimestre, assumindo que se reduzem os problemas de stock”, refere a Kantar. “A antecipação pelo próximo iPhone, habitualmente lançado no final de setembro todos os anos, tipicamente significa um verão mais fraco para o iOS. No entanto, os dados de vendas mostram que 49% dos detentores de iPhones nos EUA e 51% dos consumidores com iPhone na China têm um iPhone 5s ou mais antiog. Isto representa uma grande oportunidade de upgrade para o mais recente iPhone de quatro polegadas.” Ou seja, o SE.

 


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor