Super Bowl 50 será a mais tecnológica de sempre

Inovação

A Super Bowl 50 vai decidir no domingo quem leva o campeonato de futebol americano para casa, os Carolina Panthers ou Denver Broncos. Mas o jogo no estádio Levi’s em Santa Clara também será palco da introdução de uma miríade de novas tecnologias.

Começa com um sistema inovador de video-vigilância, que implica uma rede partilhada entre o departamento de polícia de Santa Clara e o departamento de Segurança Interna. A plataforma inclui imagens das câmaras, o feed do sistema de transportes e a análise de redes sociais em tempo real. Porque este é um evento desportivo importante e um número redondo, tem a classificação de risco de segurança muito elevado e será uma operação de vigilância com poucos precedentes.

Dentro do estádio, a infraestrutura é o último grito em conectividade: 1200 antenas de Wi-Fi e 650 quilómetros de cabo para servir 70 mil adeptos. Na questão de eficiência, o Levi’s tem três pontes para pedestres com painéis solares e outro painel no terraço, o que permite gerar energia suficiente para as três horas que os jogos de futebol americano duram.

Já em campo, estarão a funcionar 70 câmaras para cobrir todos os ângulos possíveis, e serão testadas melhorias a várias tecnologias. É o caso da EyeVision360, um sistema de 36 câmaras que permitirá ao realizador oferecer ao adepto a possibilidade de ver a repetição de uma jogada de qualquer ângulo à sua escolha. A CBS, que transmite o jogo, também vai introduzir duas mini-câmaras de imagem e áudio em alta resolução dentro de pilares de borracha nos cantos de cada zona limite, para registar com precisão se o jogador ultrapassou ou não a linha de golo.

E ao nível dos próprios equipamentos dos jogadores, haverá sensores e processadores GPS embutidos nos protetores dos ombros para registar os seus movimentos e velocidade. Estes dados serão organizados e transmitidos em tempo real nos ecrãs do estádio e na aplicação da NFL, com estatísticas de nova geração que vão comparar jogadores e medir a força dos seus embates. Uma das parceiras do estádio desde a sua inauguração é a SAP, que fornece aos 49ers tecnologia analítica e em tempo real – o centro de treinos no complexo tem até o naming da empresa.

Por fim, os famosos anúncios que passam durante os intervalos serão pela primeira vez transmitidos também em streaming online.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor