SunEnergy apresenta sistema de autoconsumo da Samsung

InovaçãoTecnologia Verde

A SunEnergy, empresa especializada em energias renováveis em Portugal, vai apresentar um novo sistema de autoconsumo durante a sua participação na 25.ª edição da Expofacic, em Cantanhede, de 23 de julho a 2 de agosto.

“O novo sistema de autoconsumo da Samsung incorpora baterias de iões de lítio de última geração. É o futuro em termos de armazenamento de energia elétrica produzida a partir do sol”, afirmou em comunicado Raul Santos, diretor-geral da SunEnergy. “Uma feira desta importância, que vai receber cerca de 500 mil visitantes, é o local ideal para apresentar esta novidade. A nossa aposta passará pelo autoconsumo, instantâneo e com acumulação em baterias”, conclui.

O sistema, que o fornecedor garante ter sido trazido pela SunEnergy para Portugal, é um sistema compacto que incorpora o inversor e as baterias de iões de lítio que ligam aos painéis solares fotovoltaicos. É composto por baterias de iões de lítio, “muito mais duráveis do que as baterias convencionais atuais e com possibilidade de efetuar descargas mais profundas, aproveitando melhor a energia armazenada”. Permite, ainda, diz a empresa, a monitorização da produção, carga das baterias e consumo à distância, através do computador ou do smartphone e a manutenção remota do equipamento.

A empresa disponibiliza também soluções de produção de águas quentes para uso doméstico durante todo o ano que possibilitam a produção de até 85 por cento da energia necessária, garantem, permitindo reduções significativas em termos de custos e das emissões de dióxido de carbono.

Para além destas soluções de poupança, a SunEnergy disponibiliza ainda outras soluções para particulares baseadas em energias renováveis para climatização de interiores eficientes em termos energéticos, como as caldeiras a biomassa, bombas de calor, entre outras soluções. “Neste caso, a poupança pode situar-se entre os 60 e os 80 por cento”, dizem.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor