Startups portuguesas geram investimentos de 900 mil euros na Seedrs

NegóciosStartup

As empresas Homeit, Corkbrick Europe e Agroop conseguiram financiamento de 900 mil euros em apenas dois meses através da plataforma europeia de equity crowdfunding. Esta é a primeira vez que decorrem três campanhas de startups portuguesas na Seedrs.

As startups já entraram em overfunding, ou seja, já conseguiram mais investimento do que aquilo que pediram inicialmente nas campanhas.

A Homeit, plataforma portuguesa que permite gerir remotamente unidades de alojamento local, tornou-se na primeira startup portuguesa a financiar-se em tempo recorde, ao captar os 250 mil euros inicialmente pretendidos em apenas quatro dias. Atualmente e a alguns dias de terminar a campanha, a empresa mais do que duplicou o montante, tendo neste momento 506 mil euros. 

Já a Corkbrick Europe, que desenvolveu um sistema inovador modular de construção com blocos de cortiça, levantou um financiamento na Seedrs de 166 mil euros face aos 150 mil euros inicialmente pretendidos. 

Por último a Agroop, startup ligada ao sector agrícola, concluiu com sucesso a sua terceira campanha de financiamento na Seedrs, tendo conseguido agora financiar-se em 220 mil euros, mais 20 mil do que o esperado. 

“Além de inédito, o facto de termos três campanhas de startups portuguesas a decorrer em simultâneo e em overfunding revela o interesse cada vez maior, tanto das empresas como dos investidores, no equity crowdfunding, e demonstra que a Seedrs é, cada vez mais, uma fonte alternativa e eficaz no financiamento e investimento em empresas na Europa”, refere, em comunicado, Filipe Portela, diretor de desenvolvimento de negócios da Seedrs,


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor