Startup Petapilot fecha negócio com Sage na Polónia

Negócios

A Petapilot, startup portuguesa que se especializa em analítica e deteção de fraude, fechou um negócio com a Sage para o mercado polaco.

Nascida em Matosinhos, a Petapilot tem como principal produto a plataforma Colbi (Collaborative Business Intelligence), uma ferramenta de análise de informação comercial e financeira escalável.

O acordo com a Sage permitirá endereçar o mercado das grandes empresas na Polónia, que poderão usar a tecnologia da startup portuguesa no processo de mitigação e de redução do risco de fraude e de inconformidades, nos documentos oficiais de entrega à Autoridade Tributária.

As autoridades fiscais polacas, à imagem do que acontece em Portugal desde 2008 com o SAF-T, terão a partir de Julho uma nova forma de auditar as empresas, através do uso do ficheiro único de controlo, o JPK. A Polónia está a iniciar o seu caminho na auditoria digital, o que abre oportunidades para as empresas portuguesas que fornecem soluções neste segmento.

“A nossa equipa está cada vez mais motivada pelo desafio de fornecer às empresas formas eficientes e inovadoras de utilizarem os seus dados e informação”, refere Valter Pinho, CEO da empresa, no seu site corporativo. “Entregamos produtos e soluções a empresas, governos, reguladores e instituições para analisarem os seus dados, tomarem melhores decisões, inferirem fraude, diminuírem risco e asegurarem conformidade”, resume. “Usamos Big Data e tecnologias de ponta nas nossas plataformas para processar dados numa escala massiva.”

O Colbi é o produto principal da empresa, mas a oferta também passa por Business Intelligence, Big Data, Cloud Computing e deteção de fraude.

Entre os clientes do Colbi estão o Grupo Delta, a NOS, a BDO, os Hotéis D. Pedro, a Saint-Gobain, a Barbosa e Almeida, a Autoridade Tributária e Aduaneira Portuguesa, que usam a solução para análise de dados, suporte à decisão, auditoria e inferência de fraude.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor