Startup berlinense relayr vence CODE_n15

EmpresasNegócios

Foi anunciado no CeBIT, em Hannover, o vencedor do prémio CODE_n, que distingue pioneiros digitais. O tema da edição deste ano da distinção atribuída pelo grupo GTF foi a Internet das Coisas. A startup relayr foi a vencedora do prémio, com um modelo de negócio que abre caminho para aplicações de Internet das Coisas destinado

Foi anunciado no CeBIT, em Hannover, o vencedor do prémio CODE_n, que distingue pioneiros digitais. O tema da edição deste ano da distinção atribuída pelo grupo GTF foi a Internet das Coisas.

wunderbar, relayr

A startup relayr foi a vencedora do prémio, com um modelo de negócio que abre caminho para aplicações de Internet das Coisas destinado aos programadores. O produto apresentado pela startup recebeu o nome de WunderBar e parece uma pequena barra de chocolate, equipada com vários sensores.

Esta tecnologia permite medir temperatura, a humidade ou movimento. A barra pode depois ser dividida em pedaços, para depois serem colocados em outros objetos. Assim, os programadores podem fazer aplicações para smartphones que podem aceder a data, sem ser preciso conhecimentos de engenharia elétrica.

Com esta ideia, a relayr conseguiu arrecadar um prémio de 30 mil euros e conseguiu vencer as ideias de cerca de 450 empresas.

“Com a relayr, o júri escolheu uma empresa que personifica o tema do CODE_n15”, disse o CEO do Grupo GFT e impulsionador do CODE_n, Ulrich Dietz. “Wunderbar faz com que seja muito fácil para os programadores aplicar a Internet das Coisas. E isso é muito importante, já que toda a gente fala de IoT, especialmente no CeBIT, mas as barreiras para os programadores estão bem presentes. A relayr retira essas barreiras. Uma falta de conhecimento sobre hardware não é será mais uma desculpa. A simplicidade da solução e as ssuas implicações para a IoT não deixaram o júri na dúvida.”

Antes da decisão do vencedor, os dez finalistas apresentam os seus modelos de negócio ao júri e às centenas de visitantes do CeBIT. O CODE_n divide-se em quatro tópicos: Indústria 4.0, Mobilidade futura, Smart City e Vida digital.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor