Spotify pode estar à procura de financiamento milionário

Negócios

A informação foi avançada pela Bloomberg, que revela que o serviço de streaming sueco pode estar à procura de um novo financiamento de cerca de 8 mil milhões de dólares, numa nova ronda de investimento. Atualmente, embora existam várias opções de serviços de streaming, ou seja, que permitem ouvir um largo catálogo de música na

A informação foi avançada pela Bloomberg, que revela que o serviço de streaming sueco pode estar à procura de um novo financiamento de cerca de 8 mil milhões de dólares, numa nova ronda de investimento.

spotify

Atualmente, embora existam várias opções de serviços de streaming, ou seja, que permitem ouvir um largo catálogo de música na internet, o Spotify é o que conta com maior número de subscritores. O serviço tem mais de 60 milhões de utilizadores, em que um quarto deste número paga mensalidade, para conseguir eliminar os anúncios.

De acordo com fontes ligadas ao assunto, este valor procurado é o dobro da valorização feita durante a última ronda de investimento, em novembro de 2013, quando a empresa conseguiu investimentos no valor de 400 milhões de dólares, incluíndo grupos como o Goldman Sachs Group.

O Spotify tenta, desta forma, fazer frente aos serviços de música da Apple e do Google, que tentam conquistar a sua quota de mercado.

Com o aparecimento dos serviços de streaming, as vendas em plataformas como o iTunes têm vindo a cair consideravelmente. A Apple muda então o foco e dá importância ao streaming. Uma das estratégias da Apple para este serviço de música tem sido o contacto com bandas conhecidas, na tentativa de assinar contratos de exclusividade.

Apesar de defender a democratização da música, o Spotify tem vindo a ser alvo de ataques por parte de editoras e inclusive alguns artistas. O serviço dá uma percentagem de receitas por cada vez que uma música é ouvida no Spotify às editoras e artistas, mas tem sido acusado de não oferecer valores justos aos donos dos direitos das músicas.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor