Spotify contrata especialistas financeiros com possível IPO à vista

e-MarketingEmpresasNegócios

O serviço de streaming de música online Spotify está a recrutar especialistas em relatórios financeiros norte-americanos, aumentando a especulação de que a startup sueca está a preparar uma entrada em bolsa. A empresa poderá valer oito mil milhões de dólares. De acordo com os standards do SEC, o depósito de comunicações financeiras são essenciais para

O serviço de streaming de música online Spotify está a recrutar especialistas em relatórios financeiros norte-americanos, aumentando a especulação de que a startup sueca está a preparar uma entrada em bolsa. A empresa poderá valer oito mil milhões de dólares.

NYSE-caters-to-HFT-with-new-ETP-incentive-programDe acordo com os standards do SEC, o depósito de comunicações financeiras são essenciais para qualquer empresa que planeie “ir a público” e banqueiros e advogados afirmam que aquilo que perceberam do anúncio de trabalho é que a empresa se está a preparar para uma IPO, possivelmente no próximo ano.

“Parece que se estão a preparar para uma IPO”, disse um advogado de uma empresa financeira que não está a aconselhar a empresa. A proposta de trabalho, publicada no site do Spotify e no LinkedIn, diz que o candidato tem de saber “preparar a empresa para os standards do SEC. Organizar todos os relatórios necessários para estar de acordo com o SEC”.

Uma representante da empresa afirmou que “com o Spotify a crescer e a tornar-se numa empresa mais madura procuramos por pessoas que nos possam ajudar a colocar os relatórios financeiros em ordem e de acordo com os standards globais”. O Spotify angariou 250 milhões de dólares numa ronda de financiamento em novembro, fazendo com que seja uma das startups mais ricas do mundo.

Um banqueiro de investimento afirmou o ano passado que o financiamento significava que a empresa iria provavelmente focar-se em expansões para que possa ir para mercados com flutuação neste ano, quando a companhia podia estar avaliada entre sete a oito mil milhões de dólars.

 


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor