Spotify cancela lançamento na Rússia

AppsMobilidade

O jornal russo RBC conta que o Spotify já não será lançado no país, como estaria previsto. As declarações avançadas são daquele que seria o responsável pelo serviço de streaming na Rússia e que aponta a situação política e legislativa como justificações. O Spotify deveria chegar à Rússia no início deste ano e até já

O jornal russo RBC conta que o Spotify já não será lançado no país, como estaria previsto. As declarações avançadas são daquele que seria o responsável pelo serviço de streaming na Rússia e que aponta a situação política e legislativa como justificações.

Spotify

O Spotify deveria chegar à Rússia no início deste ano e até já havia um nome indicado como responsável pelo serviço neste país, mas o jornal russo RBC avança que o lançamento foi cancelado. Alexander Kubaneishvili seria quem teria como missão desenvolver o serviço de streaming de música na Rússia, mas terá sido o próprio, segundo informações do jornal, a anunciar o cancelamento, numa carta aos sócios.

A empresa sueca terá demitido Kubaneishvili, o que o levou a contar a situação e a expressar arrependimento, explicando que o Spotify se recusa a lançar o serviço num futuro próximo. Acrescentou ainda que as razões para tal decisão passam pela crise económica russa, pela situação política e pelas novas leis que controlam a internet.

Contudo, não existem declarações oficiais da empresa em relação ao cancelamento do serviço, que era suposto ser lançado ainda este ano. A subscrição do Spotify, na Rússia, deveria ter o valor de 500 rublos por mês, pouco mais de seis euros.

Para além dos problemas apontados por Kubaneishvili, a recente legislação, que dificulta a implementação de empresas estrangeiras nos país também poderá ter contribuído para a suspensão do lançamento.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor