Sony vende metade da participação na Olympus

Negócios

A Sony vai vender metade da sua participação na fabricante de soluções óticas Olympus. Dois anos após ter sido estipulado uma parceria para desenvolvimento de dispositivos médicos, a fabricante de eletrónica de consumo vai abrir mão de parte da sua participação para alimentar investimentos estratégicos. A tecnológica japonesa, de acordo com informações avançadas pela Bloomberg,

A Sony vai vender metade da sua participação na fabricante de soluções óticas Olympus. Dois anos após ter sido estipulado uma parceria para desenvolvimento de dispositivos médicos, a fabricante de eletrónica de consumo vai abrir mão de parte da sua participação para alimentar investimentos estratégicos.

SONY DSC

A tecnológica japonesa, de acordo com informações avançadas pela Bloomberg, acordou vender parte das suas ações na Olympus à JPMorgan Chase, reduzindo para metade a sua participação de 10 por cento.

Com esta abdicação, a Sony deixa de ser a maior acionista da Olympus, uma conterrânea que fabrica, entre outros produtos, câmaras fotográficas.

Foi em 2012 que a Sony comprou a participação e, segundo consta, apesar de estar agora a cortá-la pela metade, quer manter a colaboração com a Olympus.

Koji Kurata, porta-voz da Sony, afirmou que os lucros da venda serão aplicados no reforço das finanças da empresa e em investimentos estratégicos.

Citado pela agência noticiosa, o CEO Kazuo Hirai disse que quer levar a Sony até ao mercado dos equipamentos para a área da saúde e dos cuidados médicos, apoiando-se nos seus sensores imagéticos, utilizados já em smartphones e algumas câmaras.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor