Sony vende divisão japonesa da Vaio a fundo

EmpresasNegócios

A empresa Sony anunciou que vai vender a divisão de computadores no Japão a um fundo do país devido à fraca rentabilidade que apresenta. Após vinte anos de atividade, a empresa termina o vínculo com a divisão de computadores. A Sony vai ceder as atividades no Japão da marca Vaio ao fundo Japan Industrial Partners

A empresa Sony anunciou que vai vender a divisão de computadores no Japão a um fundo do país devido à fraca rentabilidade que apresenta. Após vinte anos de atividade, a empresa termina o vínculo com a divisão de computadores.

SONY DSC

A Sony vai ceder as atividades no Japão da marca Vaio ao fundo Japan Industrial Partners por uma verba entre 40 a 50 mil milhões de ienes (295 a 370 milhões de euros). O fundo comprador deve manter os mil postos de trabalho da divisão numa nova empresa no Japão, na qual a Sony terá uma pequena participação.

A empresa entrou no mercado de computadores em 1996 e, desde então, vendeu nove milhões de unidades. Contudo, o número caiu em 2013 para 5,8 milhões. Apesar de ser a nona fabricante a nível mundial no que diz respeito a computadores, a quota de mercado da Sony não superava 1,9 por cento nos primeiros meses de 2013.

A principal razão apontado para este declínio da empresa foi o sucesso dos tablets e smartphones que substituem os notebooks, principal área de incidência da marca Vaio.

A Sony e a Lenovo estiveram recentemente em conversações sobre uma possível parceria para para ajudar o negócio Vaio da Sony e as perdas, mas a parceria foi mais tarde desmentida pelas duas empresas.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor