Sony investe na capacidade de produção de sensores de imagem

MobilidadeNegócios

A Sony quer investir 892 milhões de dólares para reforçar o seu segmento de semicondutores. Com esta jogada, a marca japonesa quer reforçar a produção de sensores para câmaras de smartphones e tablets. O dinheiro, segundo consta, será canalizado para a aumentar a capacidade de produção de sensores de imagem em 33 por cento até ao

A Sony quer investir 892 milhões de dólares para reforçar o seu segmento de semicondutores. Com esta jogada, a marca japonesa quer reforçar a produção de sensores para câmaras de smartphones e tablets.

Sony

O dinheiro, segundo consta, será canalizado para a aumentar a capacidade de produção de sensores de imagem em 33 por cento até ao fim de junho de 2016.

A empresa disse também irá transferir cerca de 220 funcionários do seu segmento de desenvolvimento de produção de chips para consolas de videojogos para a sua divisão de sensores de imagem. Esta manobra é parte integrante dos planos do CEO Kazuo Hirai para muscular o crescimento da Sony, particularmente na área dos jogos para a PlayStation, do entretenimento e dos componentes, reduzindo a sua dependência da eletrónica de consumo.

Assim, a tecnológica chinesa está a planear cimentar a sua posição como principal fornecedora de sensores de imagem para smartphones, expandindo-se, adicionalmente, para os mercados automóvel e de wearables.

Até março de 2018, a empresa espera que o seu segmento de módulos e sensores para câmaras origine cerca de 63 por cento das receitas da sua unidade.

Este reforço evidencia as dificuldades que a Sony tem enfrentado ao nível dos seus segmentos de TV e de soluções de mobilidade.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor