Sony e Panasonic põem fim à parceria

Negócios

A Sony e a Panasonic decidiram acabar com a parceria que estabeleceram há mais de um ano para a produção em massa de painéis OLED para televisões e ecrãs de grande dimensão. Este acordo foi estabelecido em junho do ano passado com o objetivo de as empresas trabalharem em conjunto nesta tecnologia de modo a

A Sony e a Panasonic decidiram acabar com a parceria que estabeleceram há mais de um ano para a produção em massa de painéis OLED para televisões e ecrãs de grande dimensão.

00531lEste acordo foi estabelecido em junho do ano passado com o objetivo de as empresas trabalharem em conjunto nesta tecnologia de modo a reduzir custos de produção e criar uma gama de painéis com preços mais acessíveis para os fabricantes. As empresas pretendiam otimizar os custos de produção dos painéis OLED ultrafinos.

Apesar desta parceria ter demonstrado algum sucesso, a estratégia das empresas mudou e deixou de fazer sentido, embora as duas não descartem a hipótese de poderem vir a trabalhar novamente em conjunto no futuro.

O redirecionamento dos esforços das empresas para outras tecnologias, onde se inclui a aposta no 4K ou ultra HD e um regresso a outras tecnologias de painéis, como o LCD, levaram ao fim desta parceria.

A tecnologia OLED destacou-se numa das principais feiras tecnológicas em 2013, nomeadamente logo no início deste ano, quando decorre a CES, e tem sido a aposta de diversos fabricantes nos seus modelos mais inovadores. No entanto, questões relacionadas com o preço têm motivado alguns recuos e o lançamento de alguns modelos suportados noutras tecnologias.

Outras das grandes tendências do ano são o 4K e ultra HD. Nesta área, a Panasonic lançou recentemente em Portugal a sua primeira televisão 4k a 60 frames, que foi a primeira do género a ser anunciada no mundo.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor