Sony com maiores prejuízos do que os esperados

GestãoMobilidadeNegóciosResultadosSmartphones

A Sony espera uma perda de cerca de 1,65 mil milhões de euros, contrariamente aos cerca de 360,4 milhões de euros que tinha previsto. A principal causa para este prejuízo terá sido, certamente, a exponencial concorrência no setor dos smartphones, exercida principalmente pela Apple e Samsung. O grupo japonês comunicou hoje que tinha revisto erradamente

A Sony espera uma perda de cerca de 1,65 mil milhões de euros, contrariamente aos cerca de 360,4 milhões de euros que tinha previsto. A principal causa para este prejuízo terá sido, certamente, a exponencial concorrência no setor dos smartphones, exercida principalmente pela Apple e Samsung.

sony

O grupo japonês comunicou hoje que tinha revisto erradamente os valores de prejuízo relativamente ao ano fiscal que teve início no passado dia um de abril e que terminará no dia 31 de março de 2015.

A Sony, nos últimos anos, tem vindo a enfrentar um processo de reestruturação, que a forçou a redesenhar o seu último plano de negócio para fazer frente às constantes mudanças do mercado e ao ambiente competitivo no setor dos telemóveis.

Um dos maiores problemas que tem vindo a afligir a empresa é a venda dos smartphone Xperia, que não está a atingir os números que se esparavam, principalmente na China e nos Estados Unidos.

Para fazer frente a estes prejuízos, a Sony tem vindo a apostar no lançamento de smartwatches e de um smartphone que poderá ser integrado na PlayStation 4.

Relativamente ao último trimestre, o grupo japonês registou lucros gerados pela venda da PlayStation 4 e pela desvalorização da moeda japonesa. Entre abril e junho deste ano, registaram-se lucros de 187 milhões de euros, muito acima dos 22,3 milhões de euros obtidos no mesmo período de 2013.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor