Sonae MC desenvolve projeto tecnológico para o setor retalhista

Base de DadosData-StorageEmpresas

A Sonae MC desenvolveu, em parceria com a WeDo Technologies e a Fraunhofer Portugal, o projeto “ShopView2Market”, que pretende assumir-se como uma solução para facilitar os processos de reaprovisionamento dos operadores de retalho. A solução foi, recentemente, testada pela retalhista austríaca, SPAR.

Juntamente com um dispositivo semiautomático, a solução ShopView utiliza tecnologia de processamento de imagem, com o objetivo de comparar o layout da prateleira com os planos de colocação de produtos (planogramas), detetando a localização incorreta dos artigos e situações de rutura de stocks.

“Este projeto, e o subsequente piloto, resulta de uma cooperação de elevada qualidade entre a nossa empresa e os nossos parceiros tecnológicos, levando a um uso extremamente eficiente da tecnologia de imagem. Tal só é possível devido à combinação de distintas áreas de conhecimento, permitindo dar o primeiro passo no que poderá ser um avanço importante para as operações dos retalhistas. Os primeiros resultados fazem-nos acreditar que juntos estamos a criar um grande avanço nos processos de reabastecimento”, refere Nuno Borges, Diretor de Desenvolvimento da BIT, área de Sistemas de Informação da Sonae,

O teste internacional realizado na SPAR Austria veio comprovar a utilidade e relevância desta solução tecnológica para os operadores de retalho alimentar. A iniciativa foi realizada no âmbito de um processo de cooperação estabelecido entre a retalhista austríaca e a Sonae MC, nos domínios da partilha de conhecimento e da identificação de melhores práticas, através do programa Exchange Experience, desenvolvido pelo departamento de inovação da Sonae.

Martin Gleiss, Diretor de Logística na SPAR Austria afirma que “o envolvimento da equipa do projeto ShopView2Market na prova de conceito do sistema, realizada num dos nossos supermercados, demonstrou o espírito inovador da Sonae e dos seus parceiros. O potencial da automatização do processo de gestão de planogramas e de deteção da ausência de stock nas prateleiras é definitivamente relevante para nós.”

O projeto “ShopView2Market” foi apoiado pela Agência Nacional de Inovação (ANI), em Portugal, através do programa Portugal 2020 “Sistema de Incentivos à Investigação e Desenvolvimento Tecnológico – Projetos Demonstradores em Copromoção”, que promove a investigação aplicada e o desenvolvimento.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor