Softbank supera estimativas e anuncia sucessor do CEO

Negócios

Os lucros da Softbank caíram nove por cento no ano fiscal terminado no dia 31 de março. Os resultados refletiram os investimentos que a empresa japonesa tem vindo a fazer para fortalecer a sua operadora Sprint nos Estados Unidos, onde tem vindo a perder terreno para as rivais AT&T e Verizon. O diretor executivo revelou aquele

Os lucros da Softbank caíram nove por cento no ano fiscal terminado no dia 31 de março. Os resultados refletiram os investimentos que a empresa japonesa tem vindo a fazer para fortalecer a sua operadora Sprint nos Estados Unidos, onde tem vindo a perder terreno para as rivais AT&T e Verizon. O diretor executivo revelou aquele que, muito provavelmente, será o mais forte e promissor pretendente à direção executiva.

softbank

A Softbank registou lucros operacionais de 8,2 mil milhões de dólares no último ano fiscal, face aos cerca de nove mil milhões conseguidas no anterior período homólogo. De acordo com a Reuters, as projeções dos analistas apontavam para os 8,182 mil milhões.

Quanto ao decorrente ano fiscal, a empresa absteve-se de tecer quaisquer previsões, alegando que uma multiplicidade de fatores variáveis impediam-na de ver com clareza os próximos tempos.

A Softbank tem procurado atiçar o negócio da sua operadora de telecomunicações Sprint, através da qual compete no mercado norte-americano, onde tem sofrido forte pressão por parte das maiores concorrentes Verizon Communications e AT&T.

O diretor e fundador da empresa telecomunicações, Masayoshi Son, revelou que o diretor do segmento de investimentos, Nikesh Arora, seria o seu sucessor, enquanto CEO e presidente da Softbank. Não obstante, Son afirmou que o seu afastamento da liderança executiva da empresa estava ainda longe. Esta será a primeira vez que a Softbank acolherá um novo presidente.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor