Snowden obteve dados utilizando o software mais simples

Segurança

O homem por detrás das polémicas fugas de informação relativas à enorme vigilância levada a cabo pela Agência de Segurança Nacional (NSA) e pelo Quartel-General de Comunicações Governamentais britânico (GCHQ), usou web crawlers acessíveis a todo o público para adquirir dados pretendidos pelas entidades de inteligência norte-americanas. A capacidade da NSA para prevenir ataques aos

O homem por detrás das polémicas fugas de informação relativas à enorme vigilância levada a cabo pela Agência de Segurança Nacional (NSA) e pelo Quartel-General de Comunicações Governamentais britânico (GCHQ), usou web crawlers acessíveis a todo o público para adquirir dados pretendidos pelas entidades de inteligência norte-americanas.

Snowden

A capacidade da NSA para prevenir ataques aos seus sistemas foi posta em causa, visto um simples e rudimentar software ter sido capaz de penetrar as medidas de segurança da agência sem acionar qualquer alarme.

De acordo com um oficial de inteligência sénior, enquanto trabalhava para a Booz Allen Hamilton como funcionário da NSA, supõe-se que Snowden usou os crawlers, que legitimamente procuram e indexam websites, enquanto ia normalmente para o seu emprego.

O ataque devia ter sido facilmente detetado, especialmente visto que Chelsea Manning (na altura conhecida como Bradley Manning) três anos antes havia fugido com informação do governo norte-americano, antes de a entregar à WikiLeaks. Acredita-se que Mannning fez uso de um sistema semelhante ao de Snowden para adquirir os dados.

Snowden, que conseguiu escapar com 1,7 milhões de ficheiros, tirou partido do facto de trabalhar numa divisão-satélite da NSA, onde o sistema de segurança é bastante menos eficaz do que na sede da agência.

Interrogado inúmeras vezes acerca das suas atividades, Snowden insistiu sempre em declarar que todas as suas ações faziam parte das funções enquanto administrador de sistemas.

No livro “The Snowden Files”, da autoria do correspondente do The Guardian, Luke Harding, refere-se que a procura de Snowden por um cargo na Booz Allen foi uma estratégia bem delineada, pois nesta empresa teria acesso a níveis de segurança mais elevados e, consequentemente, a informação mais confidencial.

Numa declaração feita através do seu advogado, Snowden diz achar irónico que oficiais das agências de inteligência disponibilizem informação confidencial a jornalistas numa tentativa de difamá-lo por ter entregue material confidencial a jornalistas. Diz ainda que a diferença está no facto de Snowden o ter feito para informar o público, enquanto que o governo o faz para desacreditar os dados revelados por ele.

Foi dito que Snowden teve acesso a vários ramos da rede da NSA após ter convencido colegas seus a revelarem-lhe diversas palavras-chave.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor