Snapdragon 801 é o novo processador da Qualcomm

ComponentesEscritório

A Qualcomm anunciou o lançamento do processador móvel Snapdragon 801, que irá potenciar a última geração de aparelhos Android.   Uma versão atualizada do processador Snapdragon 800 da empresa, que foi anunciado no CES 2013, o 801 terá o mesmo Krait 400 CPU e Adreno 330 GPU como o seu antecessor, mas aumenta a velocidade

A Qualcomm anunciou o lançamento do processador móvel Snapdragon 801, que irá potenciar a última geração de aparelhos Android.

Qualcomm Chips

 

Uma versão atualizada do processador Snapdragon 800 da empresa, que foi anunciado no CES 2013, o 801 terá o mesmo Krait 400 CPU e Adreno 330 GPU como o seu antecessor, mas aumenta a velocidade deles para 2,5 GHz e 578 MHz (de 2,26 GHz e 550 MHz), respetivamente. Ainda integra suporte para o eMMC 5. standard, que permite a utilização de armazenamento flash incorporado mais rápido.

O novo processador já foi mencionado relativamente a vários dispositivos de alta qualidade anunciados no Mobile World Congress 2014, incluindo o novo telemóvel e tablet Xperia Z2 da Sony, que estarão disponíveis este trimestre.

Poderá ainda integrar o novo Samsung Galaxy S5, que deverá ser anunciado no evento de imprensa da empresa no final do dia, visto que o Snapdragon 800 fez parte do Galaxy S4 no lugar do processador Exynos da Samsung.

O novo processador da Qualcomm alveja principalmente um aumento nas capacidades media, numa altura em que os utilizadores consomem cada vez mais vídeo e áudio nos seus aparelhos. O Snapdragon 801 oferece maior qualidade de imagem, com maiores e mais rápidos sensores de câmara e melhorado pós-processamento de imagem, bem como melhorados gráficos móveis e gaming, e cartão de memória SD com maior velocidade, com a Qualcomm a dizer que a performance proporciona à oferta cloud um aumento de 30 por cento em algumas características.

Também integra hardware dedicado para serviço dual-SIM/dual active (DSDA) na China, enquanto a empresa quer melhorar as suas ofertas no país independentemente de uma investigação governamental em curso.

“Como com todos os processadores Snapdragon, a Qualcomm Technologies continua a atingir uma performance alta de processamento através da integração única e eficiente dos seus motores de processamento personalizado”, disse a empresa.

A Qualcomm também anunciou o lançamento de dois outros processadores de médio a longo alcance, o Snapdragon 610 e 615, que também integrarão a capacidade Cat-4 LTE, oferecendo aos utilizadores uma maior velocidade de download.

Isto marca um importante passo para a Qualcomm, enquanto o Snapdragon 615 é o primeiro octa-core chipset comercialmente disponível com capacidades LTE e 64-bit integradas, e o Snapdragon 610 suporta capacidades LTE e 64-bit usando processamento quad-core.

“A Qualcomm Technologies está a redefinir a experiência do utilizador para dispositivos móveis de alta qualidade, com uma trilogia inédita de um modem LTE, um processador multicore 64-bit e multimédia mais avançada”, disse Murthy Renduchintala, vice-presidente executivo da Qualcomm.

O processamento 64-bit pode ser encontrado nos chip A7 da Apple, relativamente aos quais o vice-presidente da Qualcomm e diretor de marketing da Qualcomm, Anand Chandrasekher, foi amplamente criticado por, depois de ter ridicularizado o seu lançamento, rotulando-o de “dispositivo de marketing” e dizendo que os consumidores não usufruiriam de nenhum benefício pelo uso dos chips 64-bit. Chandrasekher foi colocado noutro cargo dentro na empresa depois dos seus comentários.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor