Smartphones proliferam no Brasil

MobilidadeNegóciosSmartphones

As vendas de smartphones no Brasil aumentaram, no segundo trimestre, 22 por cento comparativamente ao mesmo período de 2013, tendo registado-se 13,3 milhões de dispositivos vendidos. Entre os meses de abril e de junho, foram vendidos 17,9 milhões de telemóveis, sendo que desses, 75 por cento representaram smartphones e os restantes 25 por cento foram telemóveis

As vendas de smartphones no Brasil aumentaram, no segundo trimestre, 22 por cento comparativamente ao mesmo período de 2013, tendo registado-se 13,3 milhões de dispositivos vendidos.

brasil smartphones

Entre os meses de abril e de junho, foram vendidos 17,9 milhões de telemóveis, sendo que desses, 75 por cento representaram smartphones e os restantes 25 por cento foram telemóveis mais simples.

Segundo a IDC Brasil, foram vendidos cerca de 4,6 milhões dos telemóveis “não tão inteligentes”, o que representa uma queda nas vendas de 16 por cento. Leonardo Munin, analista de mercado na consultora, afirmou que o aumento do número de smartphones vendidos no Brasil não só refletiu um recorde de vendas no país como em todo o mundo.

Estima-se que este padrão perdure, e que, de acordo com o analista, se consiga atingir um novo recorde nos próximos seis meses. Munin disse que é observável que as irregularidades que impactam vários outros setores das TI e a dormência económica sentida no país não atingiram a esfera dos smartphones.

Munin aponta que o aumento das vendas tem como principais fatores de influência o crescimento das famílias de produtos dos fabricantes associado a uma redução dos preços, paralelamente ao investimento crescente nos canais de distribuição. O analista referiu ainda que a ampliação, por parte do governo brasileiro, do prazo de isenção de impostos sobre smartphones contribuiu para o aumento nas vendas dos mesmos dispositivos.

 


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor