Smartphones deixam de ser preferência na lista de presentes de Natal

MobilidadePortáteisSmartphonesTablets

O mais recente estudo do Observador Cetelem revela que as viagens lideram a lista de presentes que os portugueses querem adquirir para si (13%). No ano passado, a lista era encabeçada pelos smartphones, que ocupam agora a segunda posição (11%).

À questão “pensa fazer alguma compra importante para si este Natal?”, 32% dos portugueses responderam com “sim” ou “talvez”. Uma percentagem ligeiramente superior da que era registada no ano passado (29%).

Além de artigos de lazer/viagens e smartphones, este Natal os portugueses querem oferecer a si próprios tablets (7%), telemóveis (5%) e computadores pessoais (5%).  Seguem-se os eletrodomésticos (3%), a eletrónica de consumo (3%) e o mobiliário (3%).

São menos os portugueses que neste Natal pensam fazer obras de remodelação/decoração (2%), adquirir automóvel (2%), equipamentos de desporto (2%), bricolagem/jardinagem (1%), bens imobiliários (1%) e motos/scooters (1%).

O Observador Cetelem divulga ainda que a categoria lazer/viagens lidera em todas as faixas etárias, com exceção dos mais jovens, que colocam os smartphones na frente. Cerca de 27% dos indivíduos com idades entre os 18 e os 24 anos revelam a intenção de adquirir, para si, smartphones.

Já os indivíduos entre os 25 e 34 anos (22%) e entre os 35 e 44 anos (16%) são aqueles que mais pretendem oferecer a si mesmos artigos de lazer/viagem neste Natal.

Este estudo foi desenvolvido em colaboração com a Nielsen, tendo sido realizados 600 inquéritos por telefone, a indivíduos de Portugal continental, de ambos os sexos, com idades compreendidas entre os 18 e os 65 anos, entre os dias 28 de setembro e 1 de outubro de 2015. O erro máximo é de +4.0 para um intervalo de confiança de 95%.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor