Smartphone indiano dá luta à Xiaomi

MobilidadeNegóciosSmartphones

A Micromax Informatics, a segunda maior fabricante de smartphones da Índia, lançou a Yu, a sua nova gama de telemóveis, que emerge pouco tempo depois de a rival chinesa Xiaomi ter desembarcado no mercado indiano. Na Índia, a Micromax e a estreante Xiaomi esgrimam por consumidores e por uma maior porção do setor, oferecendo, tanto

A Micromax Informatics, a segunda maior fabricante de smartphones da Índia, lançou a Yu, a sua nova gama de telemóveis, que emerge pouco tempo depois de a rival chinesa Xiaomi ter desembarcado no mercado indiano.

yureka

Na Índia, a Micromax e a estreante Xiaomi esgrimam por consumidores e por uma maior porção do setor, oferecendo, tanto uma como a outra, smartphones de alta qualidade a preços reduzidos.

O primogénito da família Yu, o Yureka, assemelha-se, de acordo com o Wall Street Journal, ao iPhone 6 Plus, em muitos aspetos. A diferença mais notória reside no preço. Ao passo que o mais recente smartphone da Apple custa cerca de 851 dólares, o Yureka será comercializado a 140 dólares.

No entanto, o iPhone 6 Plus não se deixa ensombrar pelo smartphone indiano em termos de autonomia, visto que o Yureka consegue, segundo a empresa, garantir oito horas de utilização após o carregamento, enquanto o telemóvel da Apple assegura uma autonomia três vezes superior.

Apesar de ser baseado na versão KitKat do sistema operativo Android da Google, o software Cyanogen do Yureka, sendo recente na Índia, poderá não conquistar, à partida, um grande volume de utilizadores.

O Yureka começa hoje a ser comercializado no portal indiano da Amazon.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor