Smartphone ajuda a detetar doenças dos olhos

Mobilidade

A tecnologia dá mais um passo à inovação e assegura agora a deteção de doenças dos olhos como miopia, cataratas e glaucoma através do smartphone. A Escola de Saúde e Medicina Tropical de Londres juntou uma equipa de médicos para criar uma aplicação que poderá vir a ser solução para muitos problemas de vista. Nos

A tecnologia dá mais um passo à inovação e assegura agora a deteção de doenças dos olhos como miopia, cataratas e glaucoma através do smartphone.

1150878_182773548568986_596606863_nA Escola de Saúde e Medicina Tropical de Londres juntou uma equipa de médicos para criar uma aplicação que poderá vir a ser solução para muitos problemas de vista.

Nos últimos cinco anos o estudo tem vindo a ser desenvolvido e o principal equipamento é um smartphone com uma lente que consegue ler a retina e enviar informações dos olhos para especialistas.

O autor da investigação é Andrew Bastawrous, diz que os testes foram realizados no Quénia, já que tem apenas 86 médicos qualificados para tratar doenças dos olhos, numa população de mais de 40 milhões de pessoas.

Uma solução que vem a ser de grande importância, principalmente para o Quénia onde 80% dos casos de cegueira é curável.

Bastawrous  espera revolucionar o acesso aos tratamentos oculares para os milhões de famílias pobres onde a deslocação de médicos  é difícil de comportar.

Num país onde a maioria das pessoas sofre de cegueira e doenças dos olhos, o autor pretende ter resultados mais positivos.

Andrew afirma ainda que o seu instrumento já provou que vale a pena, conseguindo promover uma análise semelhante a uma consulta presencial onde detectou doenças como cataratas, miopia e glaucoma.

Mary Wambui é uma das pacientes satisfeitas com o projeto, tem 50 anos e desde os 36 que tem problemas de visão e já experimentou fazer os testes em casa; “ Eu não gosto do ambiente dos hospitais. O processo é longo, burocrático e caro, mas com este telefone posso saber o meu diagnóstico apenas com um clique”.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor