Small Cell Forum e 5G Americas lançam guia sobre células pequenas

MobilidadeRedes

O Small Cell Forum (SCF) e a 5G Americas anunciaram o lançamento de um guia detalhado para apoiar a implementação eficiente de células pequenas.

As duas organizações estão entre os principais órgãos que representam o setor de mobilidade sem fios e trabalharam em conjunto para produzir o relatório “Localização de Pequenas Células e Desafios de Implementação em Redes Hiper Densas.” É a terceira publicação produzida pelo acordo entre a SCF e a 5G Americas e acompanha o relatório anterior, “Localização de Pequenas Células: Considerações de Regulamentação e Implementação.” 

A SCF e a 5G Americas criaram estes manuais para suportar e simplificar questões regulatórias e de planeamento ligadas à implementação densa de Redes Heterogéneas (HetNets), que devem ser comuns no cenário futuro de mobilidade 5G, onde as células pequenas serão componentes importantes.

“A tecnologia 5G requer uma densificação massiva e implementação de células pequenas em grande escala e, com isso, devemos enfrentar muito desafios, especialmente para a localização das células. Isso também pode desencadear muitos atrasos enquanto as operadoras batalham com a burocracia”, disse David Orloff, presidente do Small Cell Forum.

Profissionais dos dois fóruns e os seus membros estão a cooperar a nível global para produzir estes documentos e ambas as organizações querem eliminar possíveis obstáculos e desafios que poderiam atrasar o processo de implementação de células pequenas.  Considerando as atuais políticas regulatórias e os custos frequentemente associados à infraestrutura de células tradicionais, a instalação de milhões de células pequenas adicionais será um grande desafio.

No futuro, a SCF e a 5G Americas devem continuar a sua colaboração, ajudando as operadoras a oferecer os serviços que os seus clientes querem, e realizar os benefícios comerciais e sociais de maior conectividade.

“O nosso trabalho com a 5G Americas está focado em consciencializar as pessoas sobre os desafios de localização e implementação que acompanham este tipo de densificação, além de recomendar soluções para viabilizar a implementação eficiente de pequenas células hoje e em ambientes futuros de 5G”, acrescenta Orloff.

O manual foi produzido para operadoras e procura simplificar os processos para a instalação de células pequenas, um trabalho que também deve acelerar o fluxo de documentos em agências de planeamento.  O manual recomenda um processo simplificado para a localização de células pequenas, onde e quando possível, com a adoção de políticas locais de infraestrutura e diretrizes de design.

As células pequenas são semelhantes a pontos de acesso e, por esse motivo, não devem ser considerados grandes equipamentos de rede (como células macro, por exemplo) evitando a necessidade de obter permissões específicas de planeamento urbano para a instalação destas redes. O manual conclui que é importante desenvolver procedimentos padronizados para células pequenas em todos os mercados para acelerar a sua instalação e reduzir o número de obstruções administrativas.

“Quando recebemos a especificação técnica definitiva da 5G, está claro que as células pequenas serão um elemento muito importante dessa experiência e esses são os primeiros documentos que propõem soluções para os desafios de implementar redes hiper densas em grande escala”, disse Chris Pearson, presidente da 5G Americas.  “Através de nossa parceria com a SCF, duas das maiores associações do setor podem continuar a partilhar os seus recursos e destacar a importância de HetNets densas, que, além de facilitar e apoiar gerações futuras de redes, já oferecem conectividade melhor e mais eficiente.”

Os dois relatórios podem ser descarregados gratuitamente dos sites do Small Cell Forum e da 5G Americas.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor