Sistema de pagamentos dos hotéis Hyatt pirateado

Segurança

A cadeia hoteleira Hyatt descobriu malware no seu sistema de pagamentos, que contém os dados dos cartões de débito e crédito dos seus clientes, e pede aos clientes que estejam atentos aos movimentos nas suas contas. A empresa contratou especialistas em cibersegurança e está agora a investigar o sucedido.

De acordo com o comunicado emitido ontem pela empresa, os protocolos de segurança foram imediatamente reforçados e mais informações serão publicadas numa página lançada para o efeito. Os dados dos clientes poderão ter sido expostos.

“Como sempre, os clientes devem verificar atentamente os seus extratos bancários e reportar de imediato ao banco emissor quaisquer cobranças não autorizadas nos seus cartões”, aconselha a cadeia hoteleira. “As regras relativas aos cartões geralmente protegem os clientes de despesas não autorizadas quando estas são reportadas atempadamente.”

O presidente de operações da Hyatt Hotels Corporation, Chuck Floyd, garantiu aos clientes que a proteção dos seus dados confidenciais é de importância crítica. “Tomámos medidas para reforçar a segurança dos nossos sistemas e os clientes podem estar confiantes quanto à utilização de cartões de pagamento nos hotéis Hyatt em todo o mundo”, referiu. A empresa tem 627 propriedades, mas não referiu em quais nem em quantas o malware foi detetado.

Esta é a terceira cadeia hoteleira a reportar falhas de segurança nos últimos dois meses. A Starwood Hotels & Resorts e a Hilton Worldwide Holdings também reportaram infeções com malware nos sistemas de pagamento.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor