Singtel compra empresa de cibersegurança Trustwave

Negócios

A Singtel, uma das maiores operadoras de telecomunicações do sudeste da Ásia, pelo menos tendo em conta as receitas, anunciou que vai comprar a companhia de cibersegurança Trustwave, por  810 milhões de dólares, cerca de 743 milhões de euros. Para a operadora de Singapura, este negócio representa a sua maior aquisição fora do setor principal

A Singtel, uma das maiores operadoras de telecomunicações do sudeste da Ásia, pelo menos tendo em conta as receitas, anunciou que vai comprar a companhia de cibersegurança Trustwave, por  810 milhões de dólares, cerca de 743 milhões de euros.

Singtel, telecom, operadora, Singapura

Para a operadora de Singapura, este negócio representa a sua maior aquisição fora do setor principal das telecomunicações. Assim, a Singtel começa um processo de expansão para outras áreas do digital, nomeadamente na segurança, com parcerias com a FireEye Inc e Akama, por exemplo.

Com este negócio, a Singtel espera aproveitar a onda positiva do negócio da gestão de segurança que, de acordo com as previsões da Gartner tem um potencial de crescimento de 15 por cento, gerando valores que podem chegar até aos 24 mil milhões de dólares, em 2018, um valor equivalente a 22 mil milhões de euros.

Para o CEO da Singtel, Chua Sock Koong, a aquisição da norte-americana Trustwave “é um passo crítico para chegar até oportunidades globais no mercado da cibersegurança.”

A Singtel irá comprar 98 por cento da empresa, enquanto que o CEO e chairman da Trustwave, Robert McCullen, ficará com uma participação de dois por cento. A empresa continuará a operar como uma unidade independente, de acordo com informações dadas pela Singtel.

A Trustwave reportou receitas de 216 milhões de dólares (198 milhões de euros), no ano passado, para as quais o mercado norte-americano contribuiu com 75%. A empresa disponibiliza serviços como scan às bases de dados ou de identificação de riscos de segurança.

Desde 2012, a Singtel tem feito várias aquisições, que já totalizam os 663 milhões de dólares (608 milhões de euros), grande parte investida em empresas de negócios digitais. A Singtel espera que o negócio com a Trustwave esteja concluído num prazo de três a seis meses.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor