Silent Force lança serviço de encriptação de comunicações

OperadoresRedes

A norte-americana Silent Circle, especializada na conceção de aplicações que visam escudar as comunicações dos programas de vigilâncias de entidades governamentais, revelou um novo serviço de ocultação que dá aos utilizadores o poder para efetuarem e receberem comunicações a partir de e para os seus telemóveis, que beneficiam de um maior nível de segurança. Esta

A norte-americana Silent Circle, especializada na conceção de aplicações que visam escudar as comunicações dos programas de vigilâncias de entidades governamentais, revelou um novo serviço de ocultação que dá aos utilizadores o poder para efetuarem e receberem comunicações a partir de e para os seus telemóveis, que beneficiam de um maior nível de segurança.

apps

Esta nova funcionalidade de comunicação segura de voz e de dados ém, para já, apenas compatível com o iOS da Apple e com o Android da Google, mas a empresa disse que pretende ampliar o serviço para abarcar o Windows Mobile da Microsoft.

De momento, esta nova ferramenta estende-se até 79 países, figurando entre eles a China, a Rússia, e a grande maioria dos países europeus e do continente americano. No entanto, no Médio Oriente e em África são poucas as nações que beneficiam da cobertura deste serviço.

A oferta da Silent Circle surge, então, como uma concorrente feroz das tradicionais operadoras, que cobram elevadas taxas de roaming, mas também como rival das recém-emersas plataformas online de comunicação por voz.

Em adição a combater as taxas cobradas por chamadas efetuadas fora do país de origem, o que fator mais apelativo inerente ao serviço é, sem dúvida, o elevado nível de segurança que é capaz de proporcionar às comunicações via telemóvel.

“O que a Silent Circle está a oferecer é um maior nível de segurança que vai além do que o que os telemóveis habitualmente oferecem”, disse Ben Wood, analista sénior na consultora mobile CCS Insight.

Segundo consta, o serviço alveja principalmente empresários que viajem internacionalmente e que estão na posse de informação confidencial, estando neste grupo incluídos executivos, advogados e banqueiros. Mas ainda, embora de uma forma mais indireta, a ferramenta é também direcionada para jornalistas ou ativistas que queiram eclipsar os dados, escudando-os de olhares ilegitimamente perscrutadores e de ouvintes indesejados, numa altura em que é inegável a supremacia da criminalidade digital, nas diversas formas que ela possa assumir.

Apesar de ninguém estar isento de ser alvo dos ubíquos programas de vigilância (aos quais podemos simplesmente chamar de “pura espionagem”), a Slient Force disponibiliza aos utilizadores um software de encriptação das comunicações, sejam elas sob que forma forem, que também oblitera automaticamente o histórico de comunicações, recebidas ou efetuadas.

Contudo, Wood deixa bem claro que nenhum sistema ou serviço é infalível nem incorruptível..

Por outro lado, são vários os especialistas em segurança informática que consideram o este novo serviço da Silent Force uma das melhores ofertas comerciais disponíveis atualmente para indivíduos, empresas e até mesmo funcionários de segmentos governamentais. Contudo, estes experts avançam que este é um serviço que não garante um anonimato absoluto e não possui a força necessária para repelir programas de monitorização específica.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor