SIC recorre a realidade virtual para mostrar o que vale

InovaçãoNegócios

A SIC está a comemorar os seus 25 anos e está a realizar um roadshow comemorativo. Entre junho e outubro, este roadshow que passará pelas 18 capitais de distrito do país , contará com várias atividades interativas que combinam tecnologias de realidade virtual com realidade aumentada, com o objetivo de proporcionar assim uma maior interatividade com o público.

Para realizar esta iniciativa a SIC contratou a empresas  Gema Digital , uma empresa portuguesa especialista na criação de projetos digitais e tecnológicos, que assumiu a responsabilidade pelo desenvolvimento e implementação das várias soluções tecnológicas e atividades do roadshow comemorativo dos 25 anos da SIC.

Uma das iniciativas é a  “Caça ao Tesouro”, disponível para os residentes das 18 cidades por onde passará o roadshow, e tem o propósito de encontrar objetos escondidos em vários locais, que se poderão transformar em descontos ou desafios para os utilizadores. No site da SIC estará disponível o ranking das pontuações, assim como a indicação de hotspots onde se encontram pistas para se alcançar os objetos.

“Eu e a minha estrela SIC” é o nome da solução que permite trocar duas caras. Os visitantes do roadshow terão a possibilidade de trocar de cara com um dos artistas da SIC, através de uma técnica que recolhe 68 pontos da face das duas caras, sendo o resultado final uma média entre as duas pessoas, quer ao nível cromático, quer do formato e dimensões da face. Adicionalmente, o resultado final apresenta também o nome da pessoa em conjunto com o nome do artista selecionado. As fotografias ficarão disponíveis no site da SIC e podem ser partilhadas nas redes sociais.

Para os amantes da música, a Gema desenvolveu uma solução tecnológica que se traduz num“Karaoke” interativo que permite cantar o refrão do Hino que celebra o aniversário da estação.

O “Quem Sabe Sabe” é um quizz com questões sobre a história da SIC e os 25 anos da estação televisiva. A iniciativa destina-se a dois jogadores em simultâneo, que terão acesso a três botões para responderem e selecionarem a opção correta.

Para a celebração do 25º aniversário da SIC, a Gema criou ainda um mini Estúdio de TV com teleponto. Os visitantes escolhem o programa que pretendem apresentar e terão um determinado número de segundos para simularem que o estão a apresentar. Adicionalmente, os visitantes do roadshow terão também a oportunidade de participar num Casting, onde a SIC irá escolher a próxima estrela da estação.

“Este projeto que a Gema criou para a SIC celebrar o seu aniversário, ao longo de um roadshow que passa por todo o país, teve como objetivo a criação de soluções tecnológicas diferenciadoras. A imersividade das soluções de realidade virtual e realidade aumentada irão possibilitar momentos de interação únicos a todos os participantes da iniciativa”, explica Martim Pessanha, Partner da Gema Digital.

Recorrer a soluções mistas de tecnologias de realidade virtual com realidade aumentada são uma solução equilibrada e capaz de atrair público, clientes e fornecedores. 

A realidade mista combina o melhor das duas realidades (RV e RA). A realidade mista, em princípio, permite quem usa, vê e/ ou mostrar o mundo real (como na realidade aumentada) ao mesmo tempo em que vê objetos virtuais (como na realidade virtual),  ancorando os vários elementos  virtuais para um ponto no espaço real, possibilitando a manipulação destes elementos.

Existe um vasto leque de aplicações nos mais diversos de segmentos e áreas de atuação empresarial para o uso das tecnologias imersivas das realidades. As experiências visuais e sensoriais trazidas por estas aplicações estão disponíveis no mercado para todas as dimensões de empresas. Existem soluções de pequeno investimento que podem fazer a diferença quando queremos transmitir uma ideia de negócio ou apresentar uma solução industrial. 

 


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor