Setor de transportes vai liderar mercado de carros autónomos

InovaçãoInvestigação
0 0 Sem Comentários

A produção anual de carros autónomos irá disparar na próxima década, impulsionada sobretudo pelo setor de transportes tipo táxi. Os investimentos de empresas como Uber, Lyft e Google serão vitais para o crescimento desse mercado.

Mas os dados revelados pela nova pesquisa da Juniper Research também levam a colocar a questão: é este o fim da linha para motoristas profissionais? De acordo com o estudo, “Autonomous Vehicles & ADAS: Adoption, Regulation & Business Models 2016-2025”, a produção anual de carros autónomos irá atingir 14,5 milhões de unidades em 2025.

É um crescimento significativo quando comparado aos “poucos milhares” de veículos desse tipo que serão produzidos em 2020. A base instalada de carros autónomos em 2025 será de 22 milhões.

Os analistas da Juniper identificam três fatores decisivos no impulso à indústria:

  • Especificações de segurança dos veículos mais apertadas
  • Pressão relacionada a questões ambientais
  • Rápidos desenvolvimentos tecnológicos

Os carros autónomos irão operar uma enorme disrupção no mercado de transportes em todo o mundo, o que tornará desnecessários “milhões de motoristas profissionais.” A Juniper prevê que os serviços de táxi em zonas urbanas serão dos primeiros a adotar a tecnologia.

“A introdução de carros autónomos levará a mudanças fundamentais no mundo automóvel e na sociedade em geral”, descreve o autor da pesquisa, Gareth Owen. “É claro que as fronteiras entre posse privada de carro, partilha do veículo e frontas de aluguer serão cada vez menos definidas.”

Todavia, o estudo da consultoria avisa: os vários incidentes com carros autónomos e semi-autónomos que têm ocorrido irão forçar a indústria a convencer o público de que os seus veículos são completamente seguros.

No que diz respeito a marcas, várias grandes fabricantes, com destaque para BMW, Toyota e GM, estão a acelerar os seus desenvolvimentos e programas de teste. Todas planeiam lançar veículos em produção. A Juniper prevê que este tipo de carros se torne comum entre 2020 e 2025, apesar de, no início, estarem confinados aos centros das cidades ou em certas rotas.

A Juniper Research, que tem intensificado as suas pesquisas na área, providencia o whitepaper On Track with Self-Driving Vehicles 2.0’ para download no seu site.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor