Setor dos smartcars: um universo em expansão

Software

Os automóveis conectados estão a ganhar cada vez mais protagonismo e os maiores atores da cena tecnológica estão de olhos postos nesta nova tendência, e preparam-se para conquistar o pódio de um mercado com um crescimento tendencialmente mais forte. No decorrer dos próximos cinco anos, 90 por cento dos automóveis que surgirão deverão dispor de

Os automóveis conectados estão a ganhar cada vez mais protagonismo e os maiores atores da cena tecnológica estão de olhos postos nesta nova tendência, e preparam-se para conquistar o pódio de um mercado com um crescimento tendencialmente mais forte.

carros conectados

No decorrer dos próximos cinco anos, 90 por cento dos automóveis que surgirão deverão dispor de ligação à Internet, de acordo com as previsões da International Business Machines. Por seu lado, a consultora da indústria automóvel SBD acrescenta que daqui a menos de três anos este mercado deverá atingir um valor de 39 mil milhões de euros.

Grandes forças do setor tecnológico, como a Nokia, a Google, a Apple e a Microsoft, estão já a preparar-se para fincar as suas garras no mercado emergente que cada vez mais adquire uma posição de destaque, desenvolvendo software que integrará os veículos e que os tornará também numa espécie de “dispositivos automóveis”.

A tecnológica finlandesa foi a primeira a estrear-se neste campo com o lançamento do SO Mirror Link, seguida de perto pelo CarPlay, apresentado em março pela Apple. Brevemente, segundo consta, poderemos conhecer o sistema operativo da Google para automóveis “inteligentes, o Android Auto.

Várias são já as fabricantes que dispõem de portais que gerem programas e serviços informáticos para os seus automóveis, sendo que a BMW, a Renault e a Mercedes ocupam os três primeiros lugares na lista das que oferecem um maior número de aplicações.

Contudo, apesar dos desenvolvimentos, algumas são as questões relativas à segurança destes carros cibernéticos. Especialistas receiam que as mesmas ameaças que assolam o mundo da Internet possam também vir a ensombrar os smartcars, uma vez que, imiscuídos no oceano digital, passam a ficar vulneráveis aos perigos que se escondem no universo da Grande Rede.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor