Sergio Segura integra equipa da Information Builders

EmpresasNegócios

A Information Builders nomeou Sergio Segura como o novo diretor comercial para a sua subsidiária ibérica. Com a criação desta nova figura no seu organograma, a empresa consolida a sua estratégia comercial em Espanha e Portugal para os próximos anos.

Sergio Segura, Director Comercial da Information Builders IbéricaSegundo a Information Builders, Sergio concentrará a sua atividade em torno de três vértices: direção da equipa comercial da subsidiária ibérica; foco no desenvolvimento dos clientes existentes em linha com as três áreas de negócio da empresa (inteligência, integridade e integração); e incremento do nível de captação de novas contas, objetivo para o qual é fundamental a figura do parceiro.

“A incorporação de um diretor comercial no nosso organograma ajudar-nos-á a cumprir os ambiciosos objetivos de crescimento que nos propomos a médio e longo prazo”, destaca, em nota de imprensa, Miguel Reyes, diretor-geral da Information Builders para a Península Ibérica e América Latina. “A contratação de Sergio é uma grande notícia para a nossa empresa, já que se trata de um profissional com experiência e capacidades totalmente contrastadas”.

Sergio Segura possui uma bagagem de mais de 20 anos de experiência na indústria de TIC, tanto a nível nacional como internacional. A sua vasta experiência abrange tanto as áreas de desenvolvimento comercial como de vendas e consultoria em diversas multinacionais do mercado.

Antes de integrar a equipa da Information Builders, Sergio Segura exercia como gestor de grandes contas no setor de serviços financeiros da Unit4. No entanto, foi na Microsoft que ganhou boa parte da sua experiência profissional em vendas e relação com parceiros, após quinze anos a realizar diversas funções como gestor comercial de grandes contas na área de seguros, global account manager ou gestor de soluções para setores tão estratégicos como Seguros, Finanças ou Serviços. Anteriormente manteve diversos cargos em organizações como o Bankinter e a Telefónica.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor