Segurança Social passa no teste de resistência a sismos

ProjetosSetor Público

Já são conhecidos os resultados do teste realizado ao Sistema de Informação da Segurança Social e o balanço é positivo. O teste pretendia apurar se o sistema estava preparado para resistir a atividade sísmica e qual o tempo necessário para recuperar as operações. Todos os anos, o Sistema de Informação da Segurança Social portuguesa é

Já são conhecidos os resultados do teste realizado ao Sistema de Informação da Segurança Social e o balanço é positivo. O teste pretendia apurar se o sistema estava preparado para resistir a atividade sísmica e qual o tempo necessário para recuperar as operações.

Shake-Graph

Todos os anos, o Sistema de Informação da Segurança Social portuguesa é testado para garantir que o sistema está apto a resistir a diferentes catástrofes possíveis. O último teste realizado tinha como objetivo captar a reação perante um sismo e o resultado é positivo.

São testadas as capacidades de resistência e recuperação do sistema bem como a eficiência e rapidez a restaurar os dados e operações em curso. O teste deste ano aconteceu no último sábado e provocou a perda de comunicações no Instituto de Informática do TagusPark e no Centro de Processamento de Dados Principal.

O balanço é positivo já que o sistema mostrou-se capaz de ser recuperado em duas horas e três minutos e apresentou uma falha de informação durante apenas um minuto.

Segundo informações publicadas no TeK, 52 pessoas participaram neste teste desde técnicos a profissionais do Instituto da Segurança Social.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor