Seguradoras devem acelerar as estratégias de transformação digital

EmpresasNegócios

O World Insurance Report 2014, publicado pela Capgemini e pela Efma, revela que apesar da rentabilidade das seguradoras ter registado níveis de crescimento, devido, principalmente, à diminuição do número de declarações de sinistro, apenas 32 por cento dos clientes afirmam estar satisfeitos com os serviços que as suas seguradoras lhes propuseram em 2013. O relatório indica

O World Insurance Report 2014, publicado pela Capgemini e pela Efma, revela que apesar da rentabilidade das seguradoras ter registado níveis de crescimento, devido, principalmente, à diminuição do número de declarações de sinistro, apenas 32 por cento dos clientes afirmam estar satisfeitos com os serviços que as suas seguradoras lhes propuseram em 2013.

midia-indoor-negocio-tecnologia-computador-mesa-trabalho-mulher-homem-mao-colega-comunicacao-desktop-emprego-teclado-reuniao-monitor-escritorio-papel-pessoa-planejamento-1269764876702_956x500O relatório indica que cerca de 70 por cento dos clientes poderão vir a mudar de seguradora o que fez com que o risco de perder clientes continuasse elevado em 2013, à semelhança do que já tinha acontecido no ano anterior. Assim, e para evitarem perder clientes, aumentarem a taxa de retenção dos mesmos e alcançarem bons níveis de desempenho, as seguradoras devem melhorar as suas ofertas.

De acordo com o WIR 2014 será nos canais digitais, com particular destaque para as plataformas móveis, que as seguradoras terão maior possibilidade de fazer evoluir o comportamento dos seus clientes. Também de acordo com os segurados e as seguradoras inquiridos no âmbito do estudo, é preciso melhorar os processos de indemnização dos sinistros e de aquisição das apólices de seguros nas plataformas digitais.

De acordo com o estudo, as seguradores estimam que dentro de cinco anos, 31 por cento das suas atividades (sendo 20 por cento na Internet e onze por cento nas plataformas móveis) se irá realizar nos canais digitais.

Jean Lassignardie, diretor de vendas e de marketing dos Serviços Financeiros Globais da Capgemini, afirma que esta investigação “revela que as seguradores podem aumentar os desempenhos e melhorar nos níveis de satisfação dos clientes prestando serviços através das plataformas digitais”, acrescentando que as seguradores “que consigam conjugar ofertas e serviços online, sobretudo o pagamento das indemnizações dos sinistros e a aquisição de apólices de seguros, serão as vencedoras”.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor