Segurança

internet

DECO Proteste e Google juntas para uma Net Viva e Segura

A Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor (DECO), com o apoio da Google Portugal, promove a iniciativa Net Viva e Segura. A iniciativa pretende informar os portugueses para adopção de comportamentos mais seguros e para a privacidade dos dados pessoais através do lançamento de novo website e de formações presenciais.

ransomware_segurança

SophosLabs revela que nenhuma plataforma é imune ao ransomware

O mais recente SophosLabs 2018 Malware Forecast, relatório que sumariza a atividade de ransomware e em outras tendências de cibersegurança com base na informação recolhida de computadores de clientes Sophos em todo o mundo, mostra que os sistemas Windows foram os mais atacados nos últimos seis meses, mas que as plataformas Android, Linux e MacOS não estão imunes.

Privacidade-de-Dados-e1381695538825

Edurumos cria Academia em Data Protection Officer

A entidade aposta numa nova Academia que visa formar profissionais numa nova função estabelecida pelo recente Regulamento Geral de Proteção de Dados. A existência de um Data Protection Officer (DPO) será obrigatório em grandes empresas a partir do dia 25 de maio de 2018.

cibersegurança

Carreira em cibersegurança pouco interessante para jovens mulheres

No início deste ano, a Frost & Sullivan previu uma escassez de 1,8 milhões de profissionais da área de cibersegurança até ao ano de 2022. O Global Information Security Workforce Study (GISWS) chegou recentemente à conclusão que a situação se agrava pelo facto de as mulheres representarem apenas 11% da atual mão de obra desta área. Agora, a Kaspersky Lab lançou as conclusões de um novo estudo, na tentativa de compreender o porquê de tão poucas mulheres escolherem trabalhar neste sector.

seguranca5-684x513

Kaspersky lança curso online de cibersegurança para especialistas em TI

De acordo com o Relatório Económico de Segurança TI da Kaspersky Lab, uma em cada duas empresas está preocupada com a falta de conhecimentos de cibersegurança por parte dos seus colaboradores. Um dos fatores responsáveis por esta estatística perturbadora é a falta de conhecimentos básicos de especialistas de suporte de TI sobre ferramentas de segurança de informação. Para ajudar as empresas a fortalecer a sua primeira linha de defesa, a Kaspersky Lab apresentou o seu primeiro curso online dirigido a administradores e equipas de suporte TI.