Schneider com novidades para gestão em regime de co-localização

CloudData CenterData-StorageInovaçãoTecnologia Verde

A Schneider Electric lançou o StruxureWare Data Center Operaton v7.4, que inclui novas capacidades e acesso a inteligência operacional, para pretendem alcançar um equilíbrio entre alta disponibilidade e picos de eficiência no decorrer do ciclo de vida dos centros de dados. Parte integrante da solução de gestão de infraestruturas de centros de dados (DCIM) da

A Schneider Electric lançou o StruxureWare Data Center Operaton v7.4, que inclui novas capacidades e acesso a inteligência operacional, para pretendem alcançar um equilíbrio entre alta disponibilidade e picos de eficiência no decorrer do ciclo de vida dos centros de dados.

Server room

Parte integrante da solução de gestão de infraestruturas de centros de dados (DCIM) da Schneider Electric, o StruxureWare Data Center Operation v7.4 visa otimizar a gestão em co-localização, monitorização da potência e gestão da rede, ajudando os gestores de centros de dados e de infraestruturas a aumentar a capacidade de alimentação, adequar a dimensão da infraestrutura física e a integrá-la com sistemas de DCIM já existentes, reduzindo, desta forma, as despesas de investimento e operacionais.

Uma das funcionalidades-chave que otimiza a gestão em regime de co-localização inclui recetáculos emparelhados, de forma a oferecer uma visão completa sobre a redundância de potência ao nível da jaula dedicada e do rack, permitindo aos gestores de infraestruturas e de centros de dados simular o impacto de uma falha e visualizarem corretamente a falha de cada recetáculo ao nível da carga.

O StruxureWare Data Center Operation v7.4 inclui também ‘views’ melhoradas ao nível das jaulas e racks, e uma visão geral da potência com base no rack, sendo possível visionar a potência vendida, medida e estimada para ambientes de terceiros, bem como uma faturação mais precisa em regime de co-localização, otimização dos dados dos co-locatários, e ‘cage drawings’ melhorados. Todas estas funcionalidades permitem às infraestruturas em regime de co-localização faturarem de forma mais rigorosa os clientes, determinando ainda o espaço disponível para arrendamento e minimizando os custos operacionais e de capital.

Para diminuir a distância entre as TI e a infraestrutura, o StruxureWare Data Center Operation v7.4 pretende permitir aos gestores de data centers a gestão da capacidade e a produção de análises de impacto até ao nível do disjuntor, fornecendo informações adicionais acerca da cadeia de potência e dinamizando a redução de capacidade bloqueada. Outras funcionalidades incluem também a monitorização de circuitos e a capacidade de efetuar agendamentos.

As novas funcionalidades de gestão de redes do StruxureWare Data Center Operation v7.4 incluem ligações de rede gráficas, mapeamento de portas visual, visualização das rotas e tipos de cabo e ainda análise do impacto da rede. Estas opções permitem aos gestores visualizarem a infraestrutura de rede de centros de dados de forma precisa, bem como planear a capacidade necessária e antever eventuais problemas de rede.

“O nosso objetivo era colmatar algumas necessidades que temos identificado junto dos nossos clientes que trabalhavam com outras soluções de DCIM, particularmente no que toca aos dados e à inteligência operacional”, refere Pedro Nobre, IT Solutions Architect da Schneider Electric. “Existe uma procura elevada por monitorização e medição precisas em ambientes de co-localização, bem como a necessidade de reduzir capacidades bloqueadas, redimensionar corretamente o data center e aproveitar ao máximo os sistemas de DCIM já existentes para todos os tipos de centros de dados”.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor