Scanner das impressões digitais do iPhone já foi “crackado”

EscritórioMacSegurança

O Chaos Computing Club, ou CCC, um grupo alemão de hackers anunciou que conseguiu “crackar” o scanner de impressões digitais dois dias depois de a Apple ter lançado esta tecnologia. A ser verdade, este pode ser um anúncio um pouco embaraçoso para a Apple que apostava nesta tecnologia para se diferenciar de smartphones Android e,

O Chaos Computing Club, ou CCC, um grupo alemão de hackers anunciou que conseguiu “crackar” o scanner de impressões digitais dois dias depois de a Apple ter lançado esta tecnologia.

touch id appleA ser verdade, este pode ser um anúncio um pouco embaraçoso para a Apple que apostava nesta tecnologia para se diferenciar de smartphones Android e, principalmente, dos novos modelos da Samsung.

Dois especialistas em segurança de iPhone acreditam que o grupo alemão foi bem sucedido, apesar de não terem testado pessoalmente o processo. Charlie Miller, co-autor do livro “iOS Hacker’s Handbook”, descreveu o trabalho como “a complete break” da segurança “Touch ID” e que “certamente abre novas possibilidades para os atacantes”.

O CCC, um dos grupos de hacking mais respeitados do mundo, postou um vídeo no seu site onde aparece alguém a entrar no iPhone 5S com uma impressão digital fabricada. O site descreve, ainda, como membros da equipa de biometria conseguiram “crackar” o leitor de impressões digitais.

O grupo declarou que “derrotou” o scanner tirando uma fotografia à impressão digital do utilizador do iPhone, tendo impresso numa folha transparente, normalmente usado para criar moldes de “dedos falsos”. O grupo afirmou, ainda, que este processo é normalmente usado para “crackar” a “grande maioria” dos sensores de impressões digitais do mercado.

Dino Dai Zovi, co-autor do “iOS Hacker’s Handbook” acredita que é legítimo, uma vez que o “CCC não anda a enganar, especialmente quando estão a tentar criar um ponto político”.

O “Touch ID” foi introduzido no iPhone 5S e permite aos utilizadores desbloquearem dispositivos ou fazer compras no iTunes apenas por clicarem com o seu dedo no botão de “home”.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor