SAPO de volta à carga, com nova cara e serviços melhorados

e-Marketing

A SAPO renasceu hoje sob uma nova imagem, uma nova orientação estratégica, com o lançamento de novas ofertas de serviços e produtos. Esta reconfiguração é a forma através da qual aquele que fora já o maior motor de busca de Portugal pretende potenciar a sua posição como líder tecnológica inovadora e global. Armando Almeida, o

A SAPO renasceu hoje sob uma nova imagem, uma nova orientação estratégica, com o lançamento de novas ofertas de serviços e produtos. Esta reconfiguração é a forma através da qual aquele que fora já o maior motor de busca de Portugal pretende potenciar a sua posição como líder tecnológica inovadora e global.

SAPO

Armando Almeida, o recentemente eleito presidente da Portugal Telecom, avançou que 80 por cento dos utilizadores da Internet portugueses são também utilizadores da SAPO, que conta com mais de 500 milhões de visitas mensais, e mais de um milhão de pessoas acedem ao site diariamente.

O executivo lusitano revelou que a empresa tem em vista um conjunto de projetos nacionais que incidem sobre o setor português da restauração, pois, segundo o mesmo, investir no país é investir no futuro. “Só com inovação as pequenas empresas conseguem competir com empresas de alto nível financeiro”, elucidou o presidente da PT.

Tendo apagado as 19 velas este ano, a SAPO nasceu com a chegada da Grande Rede a Portugal e foi uma das primeiras a negociar com a Google, na altura em  que esta ainda se inseria na esfera das empresas do setor privado.

A SAPO é elemento fomentador do progresso da PT como referência empresarial em Portugal, apostando na Inovação e agarrando com pulso de ferro oportunidades emergentes na dimensão da economia digital.

Por sua vez, Celso Martinho, diretor executivo e co-fundador do portal português, afirmou que, depois de ter dado os seus primeiríssimos passos na Universidade de Aveiro, a SAPO é agora um grande projeto de agregação de conteúdos das mais variadas áreas.

A plataforma, disse o CEO, tem vindo a apostar na diversificação dos seus negócios, ramificando os seus esforços de forma a envolver o setor do comércio eletrónico e dos Classificados.

Dada a crescente e irrefutável concorrência no universo digital, nomeadamente no dos motores de busca e fornecedores de conteúdos, a SAPO conclui que a sua reinvenção seria uma estratégia que a colocaria na frente da corrida.

Ao longos dos últimos anos, a empresa tem procurado expandir as suas operações, tendo já presença, para além de Portugal, em Cabo Verde, em Angola, em Moçambique e em Timor-Leste.

Celso Martinho caracterizou a SAPO como “fábrica tecnológica”, na medida em que a empresa desenvolve os seus próprios programas informáticos.

Depois de mais de um ano em processo de desenvolvimento, a SAPO emerge hoje com uma nova cara e com um novo logótipo, que, pelas suas linhas estéticas, encerra em si as noções de inovação tecnológica, de progresso, de Futuro.

O “novo” SAPO – que não é mais do que o renascimento de uma das mais acarinhadas e mais bem conhecidas marcas em Portugal – foi gerada de raíz pelo suor e lágrimas da equipa de criativos da empresa.

Paralelamente à apresentação da nova marca, a SAPO lançou também um novo website, que se adapta às particularidades de todos os dispositivos móveis e agrega um maior volume de conteúdos.

Ainda, a empresa visa também apostar em conteúdos exclusivos, através de parcerias com diversos humoristas e entertainers portugueses que produzirão uma série de episódios que retratam – sarcasticamente, acrescente-se – a realidade austera do país…mas com um sorriso nos lábios.

A sua plataforma de blogues e aplicação de Capas de Jornais – que está a partir de hoje disponível para iOS, e em breve para Android – foram alvo também de uma reforma.

O serviço Lifestyle é uma das grandes novidades apresentadas hoje pela SAPO e que integra o seu novo website. Nesta plataforma pode encontrar-se uma multiplicidade de notícias, sugestões culinárias, dicas de Moda, e muitos outros conteúdos que moldam-se à nossa vivência quotidiana. O Lifestyle é suportado por parcerias com cerca de 40 entidades de referência na área, e, embora alicerce-se em marcas fortes, intenta também originar oportunidades para a emergência de novos produtores de conteúdos.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor